quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Suco Relaxante


Ingredientes:
- 1 xícara de chá de erva-cidreira frio
- 1 fatia media de abacaxi
- 3 folhas de hortelã
- 1 cenoura pequena
- 3 folhas de couve
- Suco de uma laranja

Bata tudo no liquidificador. A erva-cidreira e a hortelã tem ação relaxante. Já o abacaxi possui bromelina, enzima que ajuda na digestão.
Dica: tome meia hora antes de dormir.


quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Tabela alimentos funcionais

    Em virtude do aumento na prescrição de alimentos funcionais, seguem informações práticas para auxiliar na  indicação destes alimentos.
Alimento
funcional
Component
E bioativo
Benefício
à saúde
Tipo de evidência
Força de evidência
Quantidade recomendada ou freqüência de consumo
Situação de regulamentação
Margarinas fortificadas
Fitoesteróis e estanol ésteres
Redução do colesterol total e LDL-c
Ensaios clínicos
Muito forte
Esteróis: 1,3 g/dia;
Estanóis: 1,7 g/dia
Alegação de saúde
Psyllium
Fibra solúvel
Redução do colesterol total e LDL-c
Ensaios clínicos
Muito forte
1 g/dia
Alegação de saúde
Soja
Proteína
Redução do colesterol total e LDL-c

Ensaios clínicos
Muito forte
25 g/dia
Alegação de saúde
Produtos de aveia
Farelo de aveia(b-glucana)
Redução do colesterol total e LDL-c
Ensaios clínicos
Muito forte
3 g/dia
Alegação de saúde
Gordura de peixe
Ácidos graxos n-3 compostos
Redução de TG, mortalidade por doença cardíaca, e infarto do miocárdio
Ensaios clínicos; Estudos epidemiológicos
Forte
0,5 – 1,8 g (EPA+DHA)
Alegação de saúde para suplementos alimentares
Alho
Organosulfurados
Redução do colesterol total e LDL-c
Ensaios clínicos
Fraca a moderada
600-900 mg/dia (suplemento) ou 1 dente alho fresco/dia
Alimento convencional ou Suplemento alimentar
Vegetais crucíferos
Glicosinolatos, indóis
Redução do risco de certos tipos de câncer
Epidemiológicos e in vitro
Fraca a moderada
> ½ xicara ao dia
Alimento convencional
Produtos laticínios fermentados
Probióticos
Melhoria da função gastrintestinal e imunológica
Estudos in vivo e in vitro. Dados clínicos limitados
Moderada
1-2 bilhões UFC/dia
Alimento convencional ou Suplemento alimentar
Suco de uva ou vinho tinto
Resveratrol
Redução da agregação plaquetária
Epidemiológicos in vivo e in vitro
Moderada a forte
230 a 470 ml/dia
Alimento convencional
Chá verde
Catequinas
Redução de certos tipos de câncer
Epidemiológicos e estudos transversais
Moderada
4 a 6 xícaras/dia
Alimento convencional
Espinafre, couve
Luteína/zeax anina
Redução do risco de degeneração muscular relacionada à idade
Epidemiológicos
Fraca a moderada
6 mg/dia (suplemento de luteína)
Alimento convencional ou suplemento alimentar
Tomate e produtos processado
Licopeno
Redução do risco de câncer de prostata
Epidemiológicos
Moderada
½ xic/dia (30 mg licopeno) ou 10 tomates por
Alimento convencional

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Doce light de banana em rodelas com canela

Mais uma "receitinha da paciente", estamos adorando essa colaboração com nosso blog, obrigada! Espero que vocês também gostem...

Ingredientes:
- 400ml água
- 1 colher de sopa cheia de canela em pó
- 2 pacotes de gelatina em pó sem sabor
- 4 bananas cortadas em rodelas (quanto mais madura melhor - fica mais doce)

Modo de Preparo:
Bate a água, a canela e a gelatina no liqüidificador, depois levar ao fogo com as 4 bananas e deixa ferver por uns 20min, mexer vez ou outra.
Deixar a calda engrossar um pouco e servir ainda morno!
É uma sobremesa doce deliciosa com calorias de banana e os benefícios da gelatina.


segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Caviar em cápsulas em benefício da beleza da pele


Já consagrado nas formulações de cremes, agora é possível oferecer à pele, via oral, todas as ações de antienvelhecimento que essa iguaria de luxo contém. Consagrada na Europa e nos Estados Unidos, inclusive aprovado pelos artistas de Hollywood, a cápsula de caviar, proveniente das ovas, foi apresentada aos brasileiros no 6º Congresso Internacional Consulfarma de Cosméticos e Farmácia.
Assim como no corpo humano, os fosfolipídios do caviar são componentes gordurosos formados por ácidos graxos combinados com o fósforo, encontrados em grande quantidade nas proteínas das membranas celulares (onde facilitam a passagem de gorduras para dentro e para fora da célula) e no sangue (onde atuam no transporte de gorduras). Logo, quando eles se associam aos fosfolipídios das células humanas, os fosfolipídios do Caviar Ártico potencializam toda a estrutura de defesa da membrana celular que, por conseqüência, resulta em benefícios à pele:
• Reduzem o processo inflamatório em peles envelhecidas e expostas à radiação ultravioleta;
• Reduzem o processo inflamatório clínico e a resposta imunológica no processo de psoríase;
• Melhoram a hidratação cutânea;
• Promovem o equilíbrio hídrico da pele;
• Apresentam efeito imunomodulatório;
• Podem melhorar condições cutâneas como dermatite atópica, acne e rosácea, psoríase e outras desordens inflamatórias e autoimunes da pele.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Suco Detox


- suco de duas laranjas
- 1 maçã
- 1 folha de couve
- 1 colher de chá de salsinha
- 1 colher de café de folhas de hortelã picada
- 1 talo pequeno de aipo

Bata tudo no liquidificador. 
A couve, ingrediente básico das receitas detox, possui glicosinolatos, que estimulam as enzimas da detoxificação hepática, ou seja, auxiliam na eliminação de toxinas pelo organismo. Já o aipo tem alto teor de fibras, o que contribui para regular o intestino, além de promover saciedade e ser boa fonte de potássio, vitamina C e ácido fólico. As hortaliças, como hortelã e gengibre, ajudam a equilibrar o índice glicêmico – quando for tomar um suco fora de casa, peça acrescentar uma hortaliça à mistura.


quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Suco "Boost" na imunidade


- 1 banana
- 1 pêra
- 3 ramos de agrião
- água e gelo a gosto

Bata tudo no liquidificador e tome sem coar. 

A banana é rica em cálcio e frutose, ou seja, tem potencial energético. Já o agrião é conhecido por ‘afinar o sangue’, o que significa que ele estimula a renovação das hemácias. No geral, evite coar os sucos, para obter o máximo de fibras e garantir saciedade.


terça-feira, 21 de agosto de 2012

Além do Suco Verde


Os sucos verdes tiveram seus dias de gloria – quem não testou uma receita em casa em busca do efeito desintoxicante e emagrecedor do drinque que levava aipo, couve, agrião, salsão e outras folhas que até então se limitavam aos pratos de salada? Pois agora que você já incorporou essa preparação à rotina, é hora de variar as receitas. O suco verde é associado apenas a idéia de detox, mas abriu os olhos das pessoas para outras possibilidades da suco terapia. Sim, terapia, já que dependendo do mix as propriedades variam de relaxante à energética, passando por um boost na imunidade. Não é a toa que, segundo a nutricionista funcional carioca Patrícia Davidson, muitas mulheres estão em prol dos sucos, mesmo que eles desafiem a tabela de consumo diário, já que costumam ser bem concentrados e, obviamente, cheios de calorias.
Um dos ingredientes queridinhos do momento é o côco em suas diversas formas: água, a polpa ou o óleo, sobre o qual você já leu. Apesar de calórico, possui ácido láurico, que acelera o metabolismo. O gengibre é outro tem-que-ter na geladeira: além de ajudar na digestão possui ação anti-inflamatória e é um poderoso antioxidante. E não precisa ter medo de combinar sucos diferentes na dieta – você pode tomar um energético pela manhã e um relaxante antes de dormir, por exemplo.


segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Conheça os alimentos que ajudam a manter a saúde da mulher em dia e que revelam a verdadeira beleza


1 - Vitamina C e selênio: dupla super antioxidante! Os antioxidantes são os heróis que capricham a mão na hora de cuidar do nosso sistema de defesa, e de quebra, ainda previnem o envelhecimento precoce. A vitamina C está na acerola, na laranja, no limão, nas folhas verde escuras (cruas), enquanto o selênio aparece de montão na Castanha do Pará.
2 - Chá verde: salvador da pele! Ele contém catequinas e polifenóis que ajudam a manter o colágeno da pele firme e a afasta o risco de câncer.
3 - Açúcar e gordura saturada: menos é mais! Isso mesmo. Quanto menos, melhor! Essa dupla atrapalha bastante a renovação das nossas células, o que significa pele envelhecida e rugas precoces. Na maior parte do tempo, procure ficar longe dos doces lotados de açúcar, além das frituras, folheados, carnes gordurosas e todas as outras fontes de “gorduras ruins”.
4 - Aveia: pra colocar o intestino na linha! A saúde do intestino reflete no corpo todo. Um intestino saudável de verdade absorve bem os nutrientes da alimentação, manda embora o que não faz bem e não tem como não notar a diferença que isso faz na pele, no peso, na disposição... Aveia é excelente pra ajudar nisso. Fonte de beta-glucanas, que são fibras solúveis que ajudam a manter o intestino saudável e funcionando que nem um reloginho.
5 - Cacau + banana: adeus, TPM!  O triptofano, aminoácido presente nesses 2 alimentos (além da aveia, do grão de bico e das nozes), participa da produção de serotonina, substância que tende a ser menos produzida pelo corpo da mulher na fase da tensão pré-menstrual, deixando-a com o humor em baixa. A dica é experimentar um lanche da tarde diferente com uma banana amassada com um pouquinho de cacau em pó, aveia e um fio de mel. Delícia bem saudável!
6 - Chá de cavalinha: pé no freio pra celulite! Esse chá contém silício, mineral importante na hora de manter a firmeza da pele e de ajudar a prevenir esses “furinhos” indesejáveis.
7 - Linhaça e soja: pra passar bem pela menopausa! As lignanas, presentes nesses alimentos, ajudam a aliviar os sintomas da menopausa porque fazem a vez do estrógeno, hormônio que está em queda no corpo da mulher nessa fase. Mas fique de olho: a linhaça e a soja não substituem o tratamento médico, elas apenas dão uma força.

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Dica de Leitura


- Guia de Alimentação Natural

Luiz Alberto Fagundes

Editora: AGE Editora

R$ 35,00


Este livro apresenta os principais problemas das dietas brasileiras, em linguagem simples e clara; a forma de equilibrar os alimentos nutritivos e os alimentos energéticos; a importância da elevação da taxa do colesterol; as formas de reduzi-la e a importância de enriquecer a dieta com óleos essenciais ômega-3, entre outros assuntos abordados.





quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Alimentação no tratamento do câncer

Com a incidência crescente de doenças oncológicas, a nutricionista tem atuado cada vez mais no tratamento e assistências aos pacientes portadores de câncer. Os estudos apontam que pacientes bem nutridos respondem melhor aos tratamentos e os diversos cuidados com a alimentação, possibilitam avanços como a evolução do estado nutricional, redução e até suspensão do tratamento da doença e a diminuição de tempo de internação hospitalar por desnutrição. Uma triagem nutricional deve ser realizada para diagnosticar risco nutricional ou algum grau de desnutrição. Após esse diagnóstico vê-se a possibilidade de suplementação ou dieta completa, conforme a gravidade do caso. Há também o acompanhamento pré e pós-cirúrgico, durante o tratamento de quimioterapia e/ou radioterapia. Procura-se então, atender as necessidades nutricionais, respeitando os hábitos alimentares e faixa etária de cada paciente. A alimentação pode ajudar muito também na prevenção do câncer, como por exemplo, quando carnes são preparados em chapas ou fritos, há formação de componentes cancerígenos, que alteram células saudáveis e aumentam a incidência de câncer de estômago e intestino. Procure um nutricionista e saiba mais sobre o assunto.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Receita de Arroz com Chia


Ingredientes
- 2 copos de arroz branco
- 2 colheres de sopa de semente de chia
- Sal marinho, pimenta e azeite extra-virgem a gosto

Modo de preparo
Faça o arroz de modo usual. Quando pronto, adicione a chia, o azeite de oliva, o sal e a pimenta. Sirva acompanhando carnes e peixes.


segunda-feira, 13 de agosto de 2012

"Chia" – Uma fonte vegetal sustentável de ômega 3


Eis o mais novo auxiliar na luta contra a barriguinha. Para começar, o ômega-3 combate inflamações e muitos estudos demonstram que a perda de peso está diretamente relacionada a uma melhora no perfil inflamatório. Também há comprovação de que a chia aumenta a saciedade. Aliás, a semente que desponta em pesquisa mundo afora pela grande quantidade de ômega e por ajudar na eliminação de quilos extras, é a chia ou Salvia Hispânica, como preferem os cientistas. Ela foi enaltecida no VII Congresso Internacional de Nutrição Clinica Funcional, que aconteceu em setembro de 2011 (nossa equipe estava lá), na capital paulista. A nutricionista Carolina Chica, da Pontifícia Universidade Católica do Chile, explicou, durante o evento, que a chia ajuda a equilibrar os níveis de insulina, um hormônio que tem tudo a ver com o acúmulo de gordura na região abdominal. Além de esbanjar ômega, a chia oferece altas doses de fibras que também ajudam a explicar sua atuação em prol da saciedade.


quinta-feira, 9 de agosto de 2012

A meta é reduzir o Sódio


Presente em grande parte dos alimentos que compõem a mesa, o sódio se transformou em um inimigo da dieta diária de muitas pessoas. As medidas tomadas pelo Ministério da saúde (MS) foram impulsionadas pela constatação de que a média populacional da ingestão de sódio ultrapassa muito o recomendado. Na lista dos alimentos que passaram a ser vistos com maior cuidado, estão os temperos a base de sal, seguidos pelo pão francês, biscoitos, produtos lácteos, caldos e molhos, margarina, refeições prontas, e maionese. 

Observou-se que a relação entre o aumento da pressão arterial e avanço da idade é maior em pessoas com alta ingestão de sal. E que a média do consumo diário de sódio, por faixa etária está acima do esperado em 90% dos indivíduos. O objetivo do MS é, até 2014, retirar dos mercados brasileiros 1.634 toneladas de sódio. Então, cuidado com os produtos ricos em sódio (batatas fritas e batatas palha, salgadinhos de milho, bolos prontos, mistura para bolos, maionese e biscoitos). Na hora de preparar sua alimentação use de diversos temperos para substituir o sal, como alho, cebola, orégano, louro, gengibre, cravo, salsa, alecrim, pimentas, manjericão, açafrão, dentre muitos outros. Use sua criatividade e tenha uma alimentação mais saudável.

Use e abuse dos temperos substitutos do sal

Alho e cebola: Fontes de alicina e gama-glutamilcisteína de ação antioxidante, fortalecem o sistema imunológico e funcionam como temperos básicos para todos os pratos.


Orégano: Dá um toque especial a molhos, omeletes, saladas e pratos que contenham tomates. 

Gengibre: Com sabor adocicado e picante pode ser utilizado em pratos doces, salgados e sucos. Utilizado contra enjoos e dores de cabeça, é um alimento termogênico.
Salsa: Desidratada ou fresca confere aos pratos um sabor leve e agradável. Possui grandes quantidades de bioflavonóides e substâncias anticancerígenas.
Pimentas: Usadas para condimentar vários pratos quentes no Brasil e México. São fontes de capsaicina, que é uma substância antioxidante que também acelera o metabolismo.
Manjericão: Utilizado em diversos pratos dá um toque especial em molhos de tomate, tortas e saladas.
Açafrão: Além de proporcionar um sabor agradável, deixa o prato mais colorido e é fonte de curcumina, um potente antioxidante.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

RECEITA DA PACIENTE - Bolo Funcional - sem gluten e sem leite

Hoje estamos estreando aqui no blog um novo tipo de post, reservado para publicação de receitas elaboradas pelas próprias pacientes. Estamos adorando a novidade e esperamos que vocês também gostem, mandem suas receitinhas!


Ingredientes:
- 3 ovos inteiros
- 1/2 xic (chá) de óleo
- 3 colheres (sopa) de adoçante de "stévia" em pó (forno e fogão) 
- 1 xic (chá) de suco de laranja ou leite de arroz
- 1 colher (sopa) de fermento em pó
- 2 xic (chá) de farinha de arroz
- 1 xic (chá) de farinha de quinoa
- frutas secas picadas (damasco, ameixa seca, tâmara seca, uvas passas,bananas passas) a gosto
castanhas de caju picadas a gosto
- 3 colheres (sopa) de aveia em flocos grossos

Modo de Preparo:
Bata as claras em neve e reserve. Bata os ovos (sem a pele), o adoçante e o óleo na batedeira. Misture alternadamente a farinha de arroz e quinoa e o suco de laranja (ou leite de arroz). Misture  delicadamente as claras em neve, e depois, o fermento dissolvido em um pouco do suco de laranja ou leite de arroz. Por último, acrescente o mix de frutas secas, a aveia e as castanhas uniformemente. Ponha numa forma untada com óleo e leve ao forno pré-aquecido em temperatura média por aproximadamente 40 minutos. Tire quando o palito sair seco. 

Receita elaborada por: Edilena Gonçalves

Atenção celíacos! a aveia, apesar de não ser um alimento fonte, contém traços de glúten e, portanto, não deve ser consumida por vocês!