segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Dicas Saudáveis para as festas de fim de ano

Mais um Ano Novo se aproxima e para ficar em paz com a balança, preparamos algumas dicas que auxiliarão nas escolhas alimentares. MODERAÇÃO é a palavra que deve liderar as comemorações, então:

*Faça pequenas e leves refeições no dia. Não é porque é final de ano que devemos deixar de nos alimentarmos somente pensando na ceia.

*Durante os preparativos, controle-se para não ficar beliscando e experimentando as comidas!

*Antes de servir-se, observe todas as preparações disponíveis, isso evitará servir exageradamente um determinado prato.

*Na hora da ceia procure servir-se apenas uma vez. Escolha bem os alimentos que irão compor seu prato, para que não caia na tentação de pegar todas as delícias mais calóricas e ficar com sentimento de culpa depois.

*Quanto às carnes: Pernil, peru, frango, tender… Prefira os assados, grelhados e sempre retire a pele, pois é rica em gordura.

*Molhos – evite os industrializados, prefira os caseiros sempre!

*Não se esqueça de colocar verduras em seu prato. São ricas em fibras dão a sensação de saciedade.

*Prefira as frutas frescas em relação às cristalizadas. As frescas possuem muito menos calorias.

*Consuma oleaginosas como nozes, amêndoas, castanhas com moderação, são ricas em gorduras.

*O álcool é mais calórico do que os carboidratos e as proteínas. Assim, o segredo é a moderação.

*Sobremesas: Escolha aquelas que não possuam cremes como chantilly, ou massas podres que são altamente gordurosas. Prefira as frutas, as demais, consuma em pequena quantidade!

E lembre-se, coma DE tudo, mas NÃO tudo!
Um 2014 iluminado a todos!
Equipe NutriClinic Funcional

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Proteína não é só carne


Vegetarianos convictos ou quem não aprecia carnes em geral precisam ficar de olho no consumo de proteínas. Confira aqui quais são os alimentos vegetais ricos nesse nutriente para inserí-los em seu cardápio. Os valores se referem a porções de 100 g




quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Salpicão Saudável

Ingredientes:
-1 colher de sopa de uva passa
-1 colher de sopa de nozes
-1 batata média
-1 colher de sopa de cenoura
-1 limão
-1 maçã verde
-4 colheres de sopa de shoyo (sem GMS)
-1 colher de chá de mostarda
-1 Filé de Frango médio
- pimenta do reino ou outra pimenta de sua preferencia gosto
-1 pitada de sal marinho
-2 colheres de sopa de salsão
-1 colher de sopa de salsinha

Modo de preparo

Cozinhe o peito de frango e depois desfie e reserve. Cortar a batata em cubos e cozinhar em água e sal e também reservar. Colocar as passas em água fervente e escorrer. Em um recipiente misturar as batatas, as passas, o frango, o salsão, a cenoura ralada, a maçã em cubinhos, as nozes picadas, a salsinha, a pimenta, o sal e mexer. Para o molho bater a mostarda, o limão, o shoyo, e a água no liquidificador até obter uma mistura homogênea. Acrescentar o molhoao salpicão, misturar e servir.



segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Uma força na hora do sono

Na lista, alimentos ricos em triptofano, aminoácido que influencia a produção de serotonina - o neurotransmissor responsável pela regulação do sono e do humor. Para dormir melhor e ter mais disposição, consuma:























sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Dicas para não fugir da dieta no Natal

Épocas de confraternização exige muita disciplina e foco nas metas de emagrecimento para 2014. Diante de alimentos supercalóricos, os riscos de compulsão alimentar triplicam no caso de cardápios não programados e estômago vazio antes dos eventos. Para não afundar a dieta e começar o ano com pique total selecionamos algumas dicas para você comemorar o Natal sem culpa.

1. Cuidado com os perigos "refrescantes" no verão. Cervejas, refrigerantes, sucos, caipirinhas, sorvetes e outras bebidas geladas parecem inocentes, mas contêm calorias que podem fazer a diferença na balança. Para matar a sede e hidratar, aposte em duas garrafas de água de 1,5 litro diariamente. Tomar água melhora a circulação, o sistema renal e elimina as toxinas.

2. Fuja de alimentos ou bebidas com açúcar e sal. No verão, retemos muito líquido e as causas vão além da TPM. Oito em cada dez mulheres sofrem com o problema ocasionado pelo excesso de açúcar e sal, falta de exercícios físicos, uso de salto alto, desidratação, problemas renais e hormonais.

3. Além do sal e açúcar, evite também produtos com farelos brancos. Pães, biscoitos, farinha de trigo e massas são carboidratos e, em excesso, geram compulsões alimentares e se tornam gordura no nosso organismo. Dê preferência a alimentos integrais, mas não abuse das quantidades.

4. O ideal é ir previamente alimentado para a ceia. Consumir um iogurte desnatado ou uma fruta antes do jantar ajudará no controle da compulsão alimentar por alimentos calóricos e gordurosos. Caso a estratégia não dê certo, invista em escolhas inteligentes para não afundar a dieta. Opte por alimentos menos prejudiciais à saúde: abuse da salada e coma bem pouquinho os alimentos que prefere, mantendo a disciplina com refrigerantes, vinhos, cervejas, frituras e doces.

5. Durante todo mês de dezembro, abasteça a geladeira com verduras, legumes, frutas e alimentos que possam matar a vontade do doce. Uma alimentação mais saudável nas semanas anteriores permite um docinho na noite de Natal.

6. Além de inibir o apetite, exercícios físicos são a melhor forma de gastar energia e

queimar os quilinhos extras. Mesmo no calor, aposte em atividades moderadas e em horários mais frescos para se exercitar. O suor excessivo faz com que o corpo perca mais água em menos tempo. Então, não esqueça de hidratar o corpo bebendo muita água. Para quem pretende experimentar os docinhos da ceia, invista na malhação e aproveite a festa sem culpa.

7. Apesar da tentação, passe longe dos panetones, eles realmente engordam muito! Prefira alimentos mais saudáveis e nutritivos e que também fazem parte do cenário natalino: ½ xícara de castanhas, passas e frutas como figo, uva, ameixa e damasco.

8. Se os planos são viajar no Natal, encare o passeio como um SPA e relaxe apenas a mente. Nada de abandonar a dieta e os exercícios físicos. Mantendo-se disciplinada e com foco nas metas, você retornará ainda mais feliz do descanso e com pique total para continuar linda no novo ano.


quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Benefícios da pêra

A pera ajuda a melhorar o funcionamento do intestino e, por ser rica em água, também ajuda a manter o organismo sempre hidratado. Além disso, a pêra é uma importante fonte de potássio, mineral que tem efeito diurético contribuindo para a diminuição da retenção de líquidos.
Além de todos esses benefícios, a pêra contém ainda doses significativas de vitaminas A, C e do complexo B, que regulam o sistema nervoso e o aparelho digestivo. A fruta, graças ao seu conjunto de nutrientes, também evita a queda de cabelos e melhora alguns problemas de pele.




terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Romã: o que você precisa saber

Romã não é uma fruta que costuma fazer parte da dieta do brasileiro, mas deveria ser incluída na matemática das duas porções de frutas por dia. Cientistas da Universidade de Queen Margaret, na Escócia, descobriram que a romã pode ser uma aliada. Estudo recente mostrou que essa fruta é capaz de diminuir os níveis do cortisol, hormônio capaz de aumentar a gordura abdominal, induzido pelo estresse. Mas não é só. De acordo com a nutricionista funcional Luciana Harfenist, “a fruta também tem aplicações no controle do mau colesterol (LDL), diabetes, celulite e cardiopatias”.
As as sementes da fruta são riquíssimas em vitaminas A e E, potássio, ácido fólico, vitamina C, cálcio, ferro, potássio, magnésio, ácido gálico, ácido elágico, entre outras substâncias. “Ela também contém punicalagina, um flavonóide responsável pelas propriedades antioxidantes, capaz de reduzir processos inflamatórios presentes na obesidade, cardiopatias, diabetes, celulite e câncer.





segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Queijo de amêndoas - Receita de uma aluna querida do nosso curso de "biomassa"

Ingredientes:
-1 e 1/2 xícara (chá) água
-2 colheres (chá) Agar-ágar (se quiser bem duro coloque mais 1 colher)
-1 colher (sopa) polvilho azedo.
-1 e 1/2 xícara (chá) de amendoas (deixe de molho por 12 horas e depois retire a pele esfregando num pano de prato)
-1 colher (sopa) azeite de oliva
-1 colher (chá) vinagre de maçã ou suco de limão
-1 colher (chá) sal


Modo de preparo: 
Em uma panela misture a água com o ágar-ágar e o polvilho, misture bem. Leve ao fogo, mexendo sempre. Assim que começar a ferver, deixe só mais um pouquinho (a mistura deve apresentar uma aparência translúcida e viscosa). Desligue o fogo. Coloque todos os demais ingredientes no liquidificador, despeje a mistura de ágar-ágar ainda quente e bata até obter um creme completamente homogêneo. Despeje em um pote que voce queira dar a forma de queijo e deixe esfriar em geladeira. Em menos de duas horas já estará pronto para ser saboreado. Dá para comer puro ou se quiser incrementar com temperinhos.



sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Inclua no prato alimentos que hidratam


Manter a hidratação é fundamental para segurar o metabolismo em ordem e também para evitar problemas como tontura e pressão baixa. Quando o clima esquenta, o desafio é maior: água, sucos naturais precisam ficar por perto o dia inteiro, evitando as crises de desidratação. Outra forma de contribuir para que seu corpo permaneça hidratado é investir em frutas e legumes que contêm água na composição. 
É importante ressaltar que o consumo desses alimentos não elimina o consumo de água. A ingestão de água é essencial para regular uma série de funções no organismo. Sem o líquido, vários sistemas vitais são comprometidos, desde o controle da temperatura corporal até a circulação sanguínea. Mas o consumo regular das sugestões que você acompanha a seguir contribui para que os desconfortos causados pela desidratação deixem de incomodar. Todos eles contêm mais de 80% de água na composição e vão ajudar você a manter o pique. 

-Melancia - Logo na primeira mordida já dá para perceber que a melancia é cheia de água - precisamente 92%, com 31 calorias a cada cem gramas da fruta

-Abacaxi - Com 48 calorias e 87% de água em 100g

-Morango - Delícia muito usada em sobremesa, 100 gramas de morangos têm 92% de água em sua composição, 30 calorias

-Tomate - Marcando presença na maioria dos pratos, 100 gramas de tomate têm 94% de água e só 20 calorias

-Cenoura - Uma xícara de cenoura é composta 88% de água e tem 45 calorias

-Pepino - O pepino tem 17 calorias a cada 100g e é composto 96% de água

-Abobrinha - A abobrinha também apresenta uma grande quantidade de água (95%) em sua composição

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Farofa de Linhaça

Ingredientes:
-1 cebola cortada em rodelas ou picada
-1 dente de alho
-2 cenouras raladas
-2 colheres de azeite extra-virgem
-Sal marinho em pouca quantidade
-1/2 xícara de chá de linhaça dourada triturada
-Orégano e cheiro verde a gosto
-1 pitada de pimenta a gosto
-
1 xícara de chá de farinha de mandioca

Modo de preparo

Numa frigideira coloque a cebola e alho no azeite, sempre em fogo baixo, quando ela estiver transparente coloque a cenoura ralada, o sal e misture com até a cenoura ficar levemente cozida Acrescente o orégano, a linhaça e misture com o fogo no mínimo durante mais uns 3 minutos, coloque o cheiro verde e a pimenta e misture bem. Junte a farinha de mandioca aos poucos até ficar no ponto de seu gosto.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Ômega-3 pode reduzir o risco de pequenas lesões cerebrais

De acordo com um estudo das universidades de Washington, nos Estados Unidos, e do Leste da Finlândia, o ômega-3 – uma gordura considerada benéfica – é capaz de evitar a ocorrência de microderrames e, assim, proteger contra a demência e o AVC. Para o trabalho, foram analisados 3 660 voluntários com 63 anos ou mais. No início da pesquisa, os pacientes passaram por radiografias e, cinco anos depois, o exame foi repetido. Após observarem os dados, os cientistas perceberam os participantes com mais ômega-3 no organismo eram 40% menos propensos a ter um acidente vascular cerebral. Para garantir boas doses dessa gordura, aposte em peixes de águas frias e profundas, como salmão, sardinha, arenque e atum.




quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Quer tal um picolé para refrescar?

Quando a temperatura começa a subir, fica difícil escapar da tentação de tomar aquele sorvete geladinho, geladinho. Mas é importante buscar alternativas equilibradas para não ser surpreendido ao encarar a balança. A principal dica é dar preferência aos picolés de frutas. Isso porque eles concentram menos calorias do que os sorvetes de massa e também são pobres em gorduras. Fora que os picolés ajudam na hidratação, pois são feitos com água e suco — inclusive, em dias de calorão, são boas alternativas para repor os líquidos da criançada após as brincadeiras. Outra vantagem é a facilidade de prepará-los em casa. Basta bater suas frutas prediletas no liquidificador com água e, depois, levar a mistura para o congelador





terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Brócolis protegem as articulações




Segundo pesquisadores da Universidade de East Anglia, na Inglaterra, o consumo desse e de outros vegetais — como couve-flor e repolho — está associado a um menor risco de artrose, doença que prejudica os movimentos. O estudo inglês aponta que o elemento capaz de evitar a evolução desse problema é o sulforafano, substância que diminui a destruição da cartilagem. O sulforafano bloqueia uma molécula responsável por causar inflamação. Com isso, minimiza a degeneração das articulações. Mas atenção! para realmente aproveitar esses benefícios é importante comer brócolis cozidos!




segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Exercitar-se durante a gestação favorece o desenvolvimento cerebral do bebê




Gravidez definitivamente não é motivo para interromper a prática de atividades físicas — isso só deve ocorrer em situações especiais. Um reforço para a recomendação vem da Universidade de Montreal, no Canadá, onde cientistas constataram que as futuras mamães que se exercitam três vezes por semana durante pelo menos 20 minutos contribuem para o desenvolvimento cerebral de seus filhos. A conclusão aconteceu depois que eles avaliaram a massa cinzenta de recém-nascidos com 8 a 12 dias de vida — uma parte das mães desses bebês saiu do sofá no segundo trimestre da gestação e a outra, por sua vez, permaneceu sedentária. Segundo os pesquisadores, as melhoras observadas nos cérebros dos rebentos que tinham uma mãe ativa poderiam implicar em um aprendizado mais rápido da linguagem e também em um progresso notório do desenvolvimento motor. Mas não se precipite: antes de dar início a um programa de exercícios, consulte seu médico. Até porque em determinados casos — como presença de sangramentos, hipertensão ou placenta prévia — as atividades físicas são contraindicadas.



sexta-feira, 29 de novembro de 2013

No restaurante japonês fique atento ao molho shoyu!



Se um de seus programas de final de semana é se deliciar com uma refeição cheia de sushis, sashimis e companhia, atenção: na hora de colocar os alimentos no potinho com o molho de soja (o famoso shoyu), evite afundá-los totalmente no recipiente — o correto é que o tempero molhe apenas o peixe, nunca o arroz. Isso porque ele é riquíssimo em sódio, mineral que faz a pressão arterial subir, colocando o coração em risco. Para ter ideia, uma colher de sopa do líquido reúne nada menos do que 800 miligramas de sódio, isto é, 40% da recomendação diária de consumo.




quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Atitudes cotidianas favorecem a alimentação infantil adequada




Sente-se à mesa

É mais fácil para a criança seguir bons exemplos se os membros da família comem juntos

Cozinha participativa
Deixe a criança ajudar a preparar seu próprio lanche: isso faz com que ela se sinta importante no processo

Efeitos visuais
Pratos coloridos e até com desenhos podem estimular os pequenos a comer mais e provar alimentos diferentes

'Dia da besteira'
Guloseimas não são proibidas, mas devem ser limitadas: escolha um dia da semana para refrigerante e fast food

Supermercado
Lembre-se: a criança só come o que seus pais compram. Não adianta proibir salgadinhos se a dispensa está cheia deles

Saúde à mão
Alimentos saudáveis como frutas e verduras devem estar sempre disponíveis nas refeições

Cooperação
Pergunte à criança o que ela gosta de comer e elabore um cardápio saudável ao lado dela

Regras
Não deixe que o intervalo entre refeições ultrapasse três horas, e evite que a criança coma a qualquer momento





terça-feira, 26 de novembro de 2013

Berinjela X Abobrinha


A abobrinha leva ligeira vantagem em comparação à berinjela, ela tem um pouquinho mais de cálcio, um mineral conhecido por fortalecer os ossos. Sem contar que concentra doses extras de magnésio e potássio, duas substâncias associadas à prevenção de doenças cardiovasculares. As proteínas – que ajudam a formar músculos e outros tecidos do corpo – também aparecem em maior quantidade na abobrinha. Ela perde, porém, quando o foco são as fibras: para driblar a constipação, a berinjela é a melhor escolha.

Veja, abaixo, as quantidades dessas substâncias em 100 gramas de berinjela e abobrinha italiana cozidas:

Proteínas
Abobrinha: 1,1 g
Berinjela: 0,7 g

Magnésio
Abobrinha: 17 mg
Berinjela: 9 mg

Cálcio
Abobrinha: 17 mg
Berinjela: 11 mg

Potássio
Abobrinha: 126 mg
Berinjela: 105 mg

Fibras
Berinjela: 2,5 g
Abobrinha: 1,6 g

Energia
Abobrinha: 15 kcal
Berinjela: 19 kcal


segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Principais propriedades da cafeína

Evidências científicas sugerem que o consumo moderado de cafeína pode exercer efeitos benéficos sobre vários sistemas fisiológicos. Uma revisão bibliográfica publicada em 2010 destacou que o consumo moderado (200-300 mg) da cafeína possui as propriedades de:

1) Diminuir a fadiga mental;

2) Aumentar o gasto energético de repouso;

3) Diminuir a sensação de esforço associado à atividade física;

4) Melhorar o desempenho físico, motor e cognitivo;

5) Aumentar a capacidade de concentrar e focar a atenção;

6) Reforçar a memória de curto prazo;

7) Aumentar a capacidade de resolver problemas que requerem raciocínio;

8) Aumentar a capacidade de tomar decisões;

9) Melhorar a coordenação neuromuscular.

Pesquisa confirmou uma destas propriedades quando observou que após 20 minutos do consumo de 100 mg de cafeína, indivíduos saudáveis apresentaram aumento da atividade neural em áreas cerebrais associadas com a atenção durante a execução de atividades que exigiam o uso de memória de curto prazo como, por exemplo, armazenar número de telefone por alguns minutos. A cafeína (1,3,7-trimetilxantina) pertence a uma classe de compostos chamada xantina que apresenta estrutura química semelhante ao neurotransmissor adenosina. Esta substância possui ação farmacológica sobre o sistema nervoso central, pois pode aumentar a eficiência das redes neurais do córtex cerebral.
Existem relatos que devido a sua estrutura química ser semelhante a adenosina, a cafeína pode potencializar a neurotransmissão pós-sináptica no sistema nervoso simpático e, com isso, estimular o aumento do gasto energético. Este efeito foi observado em um estudo científico em que homens saudáveis tiveram aumento significativo do gasto energético após 30 minutos da ingestão de cafeína em dose superior a 50 mg. Este efeito persistiu por pelo menos 4 horas, aumentando em 6% no gasto energético de repouso total.
Em um estudo duplo-cego, randomizado e controlado, mostrou que o consumo de 100 mg de cafeína, 2 horas e meia antes da atividade física, melhorou o desempenho de ciclistas.
Entretanto, cabe ressaltar que o consumo excessivo de cafeína pode causar efeitos adversos, como irritabilidade, dores cabeça, insônia, diarreia e palpitações do coração.




quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Biomassa de banana verde

A banana antes de amadurecer, é considerada um alimento funcional. Para utiliza-la adequadamente, você precisa transformá-la em biomassa – um tipo de purê feito com a fruta imatura. Nesse estágio, ela concentra amido resistente, que age no organismo da mesma maneira que as fibras com ação prebiótica, melhorando o transito intestinal, auxiliando na prevenção de doenças como câncer de intestino.
A biomassa também ajuda a manter a saciedade por mais tempo, reduz o apetite e é rica em vitaminas A, C, complexo B e os minerais cálcio e magnésio.
Você ainda pode usá-la como espessante em algumas receitas. Vai bem em sucos, sopas e como ingrediente para varias receitas sem glúten e sem leite sem alterar o sabor dos alimentos.

É super fácil de fazer em casa, segue a receita:
Lave bem as bananas verdes com casca, preservando os talos para que fiquem bem fechadinhos. Depois, em uma panela de pressão, coloque água até a metade e leve ao fogo. Assim que ferver, adicione as bananas e deixe cozinhar. Quando começar a soltar vapor, abaixe o fogo, aguarde 10 minutos e desligue, mas não abra a panela: deixe a pressão se desfazer naturalmente. Descasque rapidamente (não deixe esfriar, pois endurece) e bata a polpa no liquidificador até formar uma pasta quente. Dura cinco dias na geladeira e três meses no freezer. Utilize no seu dia a dia da forma que desejar, pois como foi dito antes, nao altera o sabor dos alimentos!





quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Molho para peixes

Que tal variar o peixe grelhado adicionando a ele um delicioso molho funcional?
Seguem duas receitinhas que vão deixar seu peixe bem mais saboroso:

Molho de ervas
-1 xícara de chá de azeite extra-virgem
-1 colher de sopa de sal grosso
-Suco de 1 limão
-Ervas a gosto (folhas de louro, tomilho, manjericão, sálvia, salsinha e cebolinha)

Modo de preparo: 
Numa tigela, misture todos os ingredientes e sirva junto com o peixe assado. prefira sempre servir o molho a parte e coloque apenas pequena quantidade em cima.

Molho de açaí
-3 polpas (150g) de açaí
-50g de mel
-1 canela em pau
-130ml de vinho branco
-1 anis estrelado
-1 colher (sopa) de farinha de arroz
-100ml de água
-Sal marinho a gosto

Modo de preparo:
Cozinhe as polpas com o vinho, o mel, o sal e as especiarias até reduzir um pouco, apurar e concentrar o sabor. Dissolva a farinha de arroz na água e misture no molho, deixe engrossar. Peneire em seguida.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Muito açúcar aumenta risco de problemas de memória

Um estudo publicado no periódico científico Neurology mostra que os indivíduos com excesso de açúcar no sangue (sem diabetes), têm maior probabilidade de perda de memória em longo prazo. Para chegar a esse resultado, os pesquisadores analisaram 143 pessoas saudáveis com idade média de 63 anos. Os voluntários passaram por testes de glicose no sangue e também de memória. Além disso, foram submetidos a tomografias. Ao final da investigação, os estudiosos notaram que, quanto menores os índices glicêmicos, maior a capacidade de preservar as lembranças. O trabalho aponta, portanto, que mudanças nos hábitos alimentares têm papel importante na prevenção do declínio cognitivo.




quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Lanches de verão para crianças

Ficar de olho na alimentação infantil é ainda mais importante quando o calor está muito intenso. Por isso, lanchinhos saudáveis e que ainda ajudam a hidratar são essenciais.
Veja algumas opções:
- Frutas espetadas em palitos variadas ou sozinhas como melancia, melão, uvas e abacaxi
- Sucos batidos gelados e também podem colocar no freezer com palitos e depois so chupar como picolé
- Taça de salada de frutas ou taça de uvas soltas coloridas (uvas brancas e vermelhas) são bons lanches para o verão. Para tornar as uvas ainda mais refrescantes, experimente congelá-las um pouco antes de servir.
- Iogurte natural bem gelado em uma taça coberto com fruta fresca e polvilhado com um pouco de canela. Pode ainda inverter os ingredientes: uma salada de fruta com cobertura de iogurte natural e canela.
- Shake ou batida de frutas geladas saciam a sede e o apetite. Dica: Coloque uma ou mais frutas preferida da criança cubos de gelo, iogurte e mel. Bater até obter um creme. Para obter mais saciedade pode acrescentar 1 col. sopa de chia.
- Legumes laminados. Prepare um prato com cenoura, beterraba, pepino, vagem e tomate laminado e acompanhe com um molho de iogurte natural para poderem “mergulhar” os legumes. São crocantes, refrescantes e despertam a curiosidade.



segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Pesquisa aponta que gengibre ajuda no tratamento de asma

O gengibre pode oferecer muito mais do que um gostinho apimentado às refeições. Estudiosos da Universidade Columbia, nos Estados Unidos, mostraram que mesclar três substâncias do alimento ao isoproterenol - uma medicação broncodilatadora - tem um efeito mais expressivo nas vias aéreas do que aquele alcançado com a droga isolada. Essa relação entre o gengibre e a asma parece inédita. Logo, é difícil explicar por que seus componentes potencializaram a ação do remédio, uma hipótese plausível é que as substâncias do tempero reduziriam a inflamação, processo que estimula a contração dos brônquios e prejudica a respiração. Vale ressaltar que a análise foi realizada em células dentro do laboratório. Portanto, é cedo para fazer recomendações de consumo para essa finalidade. Por ora, use o gengibre com frequência e, claro, moderação.



sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Sopa de abobora com ricota

Ingredientes
-1 cebola pequena
-1 fio de azeite
-2 xícaras (chá) de abóbora em cubos
-1 litro de água
-1 col. (chá rasa) de sal marinho
-4 fatias médias de ricota
-1 c. de sopa de iogurte natural desnatado
-1 prato (sobremesa) de couve crua picada


Modo de preparo
Refogue a cebola no azeite. Junte a abóbora, a água e o sal. Cozinhe em fogo baixo (se precisar, coloque mais água). Bata no liquidificador com a ricota e o iogurte. Volte ao fogo, junte a couve e cozinhe rapidamente. Se preferir, pode picar a ricota ao invés de bater.


quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Diabete gestacional

Ao engravidar, algumas mulheres desenvolvem o diabetes mesmo sem nunca ter tido problemas de glicemia na vida. Ao que parece, os hormônios produzidos pela placenta inibem a liberação e o funcionamento da insulina. O problema é sério: uma vez instalado, o diabete gestacional traz riscos para mãe e filho. O excesso de glicose da mãe faz o bebê engordar demais e o recém-nascido pode ter distúrbios respiratórios, hipoglicemia, icterícia e deficiência de cálcio. Como se fosse pouco,o pequeno ainda tem mais chances ser uma criança obesa e de desenvolver o diabete tipo 2 no futuro. Por isso o problema precisa ser cuidadosamente controlado. Algumas mamães resolvem a questão com dieta e exercícios, mas outras precisam das tais picadas de insulina. Normalmente a doença some depois do parto, mas essas mulheres têm um risco muito maior de desenvolver a doença no futuro e em outras gestações.


segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Farinha branca traz riscos de obesidade, diabetes e doenças crônicas

A farinha branca é um perigo para a saúde,  engorda e traz riscos de obesidade, compulsão alimentar, diabetes e doenças crônicas, além de prejudicar o funcionamento do intestino.
A farinha branca é um ingrediente pobre em nutrientes e de alto índice glicêmico. Tem ação semelhante ao açúcar no organismo, aumentando a taxa de glicose no sangue e, por isso, o consumo em excesso está associado ao aumento de triglicérides e incidência de diabetes, obesidade e doenças crônicas. O que torna a farinha de trigo maléfica a saúde é o processo de refinamento, que separa do trigo a casca e o gérmen, mantendo apenas o endosperma do grão que depois é moído. Nesse processo retira-se grande parte das propriedades nutricionais do alimento. Esse problema pode acontecer porque os alimentos com farinha branca não promovem saciedade. Com a mesma rapidez com que o açúcar se eleva no sangue e aumenta os níveis de serotonina, hormônio ligado a sensação de bem estar, ele também baixa, podendo gerar em um curto período de tempo, uma necessidade de consumir mais do alimento. 
Esse é um dos principais problemas: o processo de refino da farinha de trigo em farinha branca reduz 80% da quantidade de fibras, o que a torna muito pobre nesse quesito. As fibras alimentares estão entre os principais fatores da alimentação na prevenção de doenças crônicas, além de melhorar o controle de diabetes mellitus, reduzir o risco de câncer e regularizar o funcionamento intestinal. Ausência de fibras pode ocasionar constipação e desordens intestinais, daí a importância do consumo!





sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Bolo de laranja com casca

Ingredientes 
-2 laranjas médias com casca e sem sementes
-1 xícara (chá) de açúcar orgânico
-2 xícaras (chá) de farinha de trigo integral
-3/4 xícaras (chá) de azeite de oliva extra virgem
-3 ovos
-1 colher (sopa) de fermento em pó
-Gotinhas de baunilha (opcional)

Modo de preparo:
Higienizar e cortar as laranjas em 4 partes e bater no liquidificador junto com o azeite, os ovos, o açúcar e a baunilha. Despejar essa mistura em uma vasilha e acrescentar a farinha de trigo e o fermento mexendo bem. Assar em forma untada. Se preferir, depois de assado e ainda quente, despejar por cima o suco de duas laranjas. 

Curiosidade: A casca da laranja é rica em carboidrato, fibra, cálcio, potássio e fósforo.



quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Chia: 5 dicas de como usar na dieta

A chia é uma poderosa aliada ao emagrecimento. Rica em fibras, a semente ajuda a regular o trânsito intestinal e prolonga a sensação de saciedade, espantando a fome por mais tempo. O alimento também reduz o nível de colesterol no sangue e previne contra a hipertensão graças à grande quantidade de ômega 3 que possui. Além disso, diferente dos outros grãos, este não contém glúten, o que, além de beneficiar os celíacos, favorece a perda de peso e o bom funcionamento do organismo, já que o componente não é completamente digerido pelo corpoAlém da ingestão controlada, existe mais uma regra básica para o consumo correto da chia. Ela precisa ser associada à água para liberar todos os seus benefícios e promover a perda de peso. Diferente da linhaça, esta semente possui a casca mais maleável, facilmente triturada pelos dentes e digerida pelo organismo. Quando em contato com líquidos, esta capa revestidora, composta por fibras solúveis, torna-se uma espécie de gel, que tem três funções principais:
Encher o estômago. A semente “incha”, aumentando seu próprio volume em até 12 vezes. Com isso, é capaz de preencher o estômago, dando a sensação de saciedade.
O gel formado funciona como uma esponja, absorvendo a gordura e a bile presentes no estômago e transformando-as em bolo fecal.

Há inúmeros jeitos de introduzir a chia no cardápio do dia a dia. Lembre-se de não ultrapassar a quantidade de 2 colheres de sopa por dia. Algumas sugestões são:

1 – Tome, 30 minutos antes do almoço, um copo d’água misturado com 1 ou 2 colheres de chia. A bebida ajuda a reduzir a fome e fará com que você coma menos.

2 – Misture as sementes na preparação de massas integrais para tortas, pães e bolos. Você pode utilizar as próprias sementes ou a farinha feita do alimento, encontrada em mercados e lojas de produtos naturais.

3 – Polvilhe a chia sobre o prato de salada. Por ser insosso, o grão não altera o sabor dos alimentos. Pode ser usada também sobre a salada de frutas.

4 – Acrescente em sucos, vitaminas, smoothies, shakes ou iogurtes.

5 – Misture a chia no arroz integral.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Sopa creme de abóbora e gengibre


Ingredientes 
-1 col. (sopa) de azeite extravirgem
-1 cebola média, picada
-4 xíc. (chá) de abóbora sem casca, em pedaços
-1 col. (café) de raspas de gengibre
-Sal marinho a gosto
-1 litro de água
-1 pitada de orégano
-Salsinha picada a gosto

Modo de fazer
Aqueça o azeite, refogue a cebola e, em seguida, a abóbora. Junte o gengibre, sal e a água. Cozinhe até desmanchar. Espere amornar e bata no liquidificador. Volte aquecer com o orégano e sirva com a salsinha.






sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Trufinhas funcionais

Ingredientes 
-50 g de uva-passa 
-50 g de chocolate 70% cacau
-50 g de castanha de caju 
-2 colheres de sopa de manteiga de amendoim pura
-Cacau em pó puro 

Modo de preparo
Num processador triture as castanhas e o chocolate quebrado ate formar uma farofa grossa. Adicione as uvas-passa já picadinhas e bata até formar uma massinha grossa. Adicione a manteiga de amendoim e processe até virar uma massa homogênea. Retire a massa do processador, faça bolinhas, passe no cacau em pó e deixe gelar por 1 hora.  Retire da geladeira e devore geladinha ou em temperatura ambiente. 



quinta-feira, 24 de outubro de 2013

O que é Gastronomia Funcional? by Marcelo Facini

 
É a união da nutrição funcional com a gastronomia, resultando em inteligência alimentar: como preparar os alimentos preservando seus nutrientes, vitaminas e minerais ou até potencializando a absorção deles através de sinergias alimentares. A gastronomia funcional aborda as técnicas dietéticas saudáveis, os alimentos orgânicos, fitoterápicos, nutracêuticos e as vantagens e desvantagens de cada tipo de alimento, aplicação dos alimentos funcionais na reeducação alimentar e no tratamento e prevenção de doenças crônicas não transmissíveis. É a cozinha da saúde e do bem-estar em todo o seu potencial.



segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Gema X Clara: qual é mais nutritiva?

Na lista de benefícios do ovo, está o efeito protetor do organismo, o baixo teor calórico e a capacidade de melhorar o sistema imunológico. Resta saber qual é a parte mais nutritiva do ovo: a clara ou a gema? 

A gema do ovo é fonte de vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K) e hidrossolúveis (complexo B: B1, B2, Niacina, Biotina Ácido fólico, Vitamina B12, ácido pantotênico e colina). Além disso, possui gorduras importantes para fornecer energia, compor membrana celular, auxiliar no transporte de vitaminas lipossolúveis e proporcionar sabor.
A gema do ovo possui importantes minerais como ferro, zinco, cálcio, selênio e magnésio, o ferro é importante para combater a anemia, o zinco é um importante integrante do sistema imunológico, o cálcio tem participação na formação óssea e na contração muscular, o selênio é protetor das células e o magnésio é integrante de reações químicas.
A clara do ovo é uma fonte de proteína albumina, importante para promover crescimento e formação de enzimas. Além disso, ela possui leucina, um aminoácido diminui o espaço para a gordura porque mantém a massa magra. Outro ponto a favor da clara é a sensação de saciedade que ela proporciona por ser rica em proteínas, e isso ajuda no processo de emagrecimento. Um dos contras dessa parte do ovo é que ela aumenta a formação de gases porque possui nutrientes proteicos que contribuem para isso.


sexta-feira, 18 de outubro de 2013

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Receita de crepe com Whey Protein

Ingredientes
-2/3 do medidor (scoop) de Whey Protein (20 g)
-3 claras


Modo de preparo
Bata os ingredientes no liquidificador ou com a ajuda de um mixer.
Pré-aqueça uma frigideira antiaderente e unte-a suavemente com azeite, retirando o excesso com papel toalha.
Despeje 1/3 da massa sobre a frigideira, de modo homogêneo, formando um disco.
Espere cerca de 2 minutos, ou até que as bordas se desgrudem da frigideira, e vire a massa com o auxílio de uma espátula.
Deixe dourar por mais 1 minuto do outro lado. Acrescente o recheio de sua escolha e dobre o crepe.

Rendimento: 3 unidades
Valores nutricionais aproximados da receita sem recheio:
Calorias: 134,1 kcal
Carboidratos: 2,8 g
Proteínas: 28 g
Gordura: 1,3 g


quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Whey protein: quem pode usar?

Velho conhecido de quem malha, o Whey Protein também pode ser um aliado no processo de emagrecimento, se associado a uma dieta balanceada e a prática esportiva, a proteína em pó ajuda a emagrecer porque ajuda a saciar a fome e a controlar o apetite.
O pó extraído do soro do leite é rico em proteína e por isso sua digestão é mais lenta, adiando a vontade de comer, o Whey Protein estimula o metabolismo, o que acelera a queima calórica e evita a perda de massa magra.
Quem pode consumir:
Além das pessoas que se exercitam e das que querem emagrecer, o suplemento também é indicado para idosos. Quando envelhecemos ocorre uma perda significativa de massa muscular e um aumento de gordura. Por isso é indicado para pessoas da terceira idade se associado a exercícios de musculação.
Ele também é indicado para pacientes que passaram por cirurgia bariátrica. Como há restrição no consumo de carne nos primeiros três meses após o procedimento, o Whey Protein ajuda a suprir a necessidade de proteína.

Contraindicação
O consumo do Whey Protein é contraindicado em casos em que a ingestão de proteínas é restrita, como em algumas doenças renais e hepáticas e intolerância alimentar.

Como consumir
Batido com água, leite ou frutas, o suplemento pode ser ingerido pela manhã ou à noite. Contudo, é importante que a pessoa converse com o médico ou nutricionista antes de começar a tomar Whey Protein por contra própria, pois o excesso de proteína pode comprometer a função renal.



segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Informativo BioPhormula - Saúde por dentro e beleza por fora.

Conheça o conceito de combate aos 4 Pilares do Envelhecimento, defendido por Dermatologistas de várias partes do mundo durante recente Meeting Americano de Dermatologia, que consiste numa associação de nutrientes funcionais capazes de promover a reposição e suplementação de proteínas, vitaminas, minerais e substancias essenciais ao organismo. 

1º Pilar: Reposição de Silício.
O Silício é um oligoelemento presente no nosso organismo, essencial na síntese de Colágeno e Elastina, que são os responsáveis pela firmeza e vitalidade da pele, fortalecimento de unhas e cabelos, proteção das nossas articulações do desgaste natural. O processo de envelhecimento se inicia por volta dos 25 anos, idade em que os níveis de Silício em nosso organismo caem drasticamente, sendo imprescindível a sua reposição para mantermos nossa beleza em dia.A reposição desse mineral, que é comercializado como Exsynutriment®, age triplicando a geração das proteínas Colágeno e Elastina promovendo firmeza, sustentação e elasticidade. Atua prevenindo e tratando as indesejáveis rugas e marcas de expressão.No cabelo, atua no bulbo capilar gerando novos fios e por consequência volume, suspende a queda, aumenta a velocidade do crescimento dos fios, além de oferecer brilho e maciez. Nas unhas promove o fortalecimento e crescimento uniforme, além da diminuição do excesso de cutículas.

2º Pilar: Detoxificação Celular.
Para obter o melhor resultado dos tratamentos estéticos e suplementos nutricionais que utilizamos, é necessário que nosso organismo esteja apto para receber e extrair todos os benefícios que esses ativos podem nos trazer. Nesta etapa iremos promover a detoxificação, a limpeza profunda e energização celular necessária para obtermos uma pele limpa e saudável. O ativo BioArct® prepara a sua pele para eventuais procedimentos e tratamentos, além de oferecer energia, disposição e bem estar.

3º Pilar: Combater os Malefícios do Açúcar.
Somos o que comemos e nossa alimentação rica em carboidratos faz com que os excessos estejam diretamente ligados às causas do envelhecimento. O açúcar nosso organismo degrada proteínas como o Colágeno, que tanto queremos preservar, sendo assim um fator determinante para o desgaste da nossa pele. O Glycoxil® é um ativo que previne e trata os malefícios causados pelo açúcar, nos oferecendo luminosidade e reversão da pele amarelada, marcas de expressão e rugas finas, além de atuar como cicatrizante.

4º Pilar: Suplementação de Ômega 3 Biodisponível.
A dieta Ocidental de um modo geral é deficiente em fosfolipídeos e ácidos graxos poli-insaturados (PUFAs) ômega-3. Diversos estudos apontam inúmeros benefícios do Ômega 3 na recuperação das membranas celulares, para a promoção da sua integridade e para a prevenção de danos, com intensa atividade anti-inflamatória e antioxidante. Para obtermos todos esses benefícios, é necessário uma suplementação inteligente, através de Ômega 3 biodisponível, ou seja, que tem total compatibilidade com as células no nosso corpo. Encontramos esse Ômega 3 biodisponível nos Fosfolipídeos do Caviar®, que age promovendo a redução do processo inflamatório em peles envelhecidas e expostas à radiação, de forma global promove redução da celulite, estrias, processo de psoríase, melhora do equilíbrio da pele, melhora de condições cutâneas como dermatite atópica, acne e rosácea, entre outros problemas de pele.


sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Pudim de batata-doce com calda de canela


Ingredientes
-1 kg de batata-doce, sem casca, cozida e amassada
-4 ovos
-1/3 de xícara de manteiga guee
-1/2 xícara de leite
-1 colher (sopa) de canela em pó
-1 xícara de açúcar demerara
-1/2 xícara de farinha de trigo
-Canela em pau para decorar


Para a calda
-1 1/2 xícara de açúcar demerara
-1/3 de xícara de água
-2 colheres (sopa) de canela em pó
Modo de preparo
Na batedeira, bata todos os ingredientes do pudim até obter uma mistura homogênea. Transfira para uma fôrma de buraco no meio, de 23 cm de diâmetro, untada com manteiga, e leve ao forno quente (200 ºC), preaquecido, em banho-maria, por 45 minutos ou até a superfície ficar seca. Espere esfriar e deixe na geladeira. 
Prepare a calda 
Em uma panela, leve ao fogo médio o açúcar, a água e a canela, mexendo, por oito minutos ou até obter o ponto de bala mole. (Teste pingando um pouco da calda em água fria. Transfira para um prato raso. Deverá se formar uma bala maleável). Desenforme cuidadosamente o pudim e regue-o com a calda de canela. Sirva decorado com a canela em pau. 






quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Farinha de berinjela reduz a absorção de gorduras

Associada a uma dieta saudável, a farinha de berinjela é uma excelente opção para quem quer emagrecer e deixar a saúde em dia. Rica em vitaminas do complexo B, antioxidantes e fibras, esse produto natural diminui a quantidade de gorduras absorvidas e contribui para o funcionamento do intestino. A niacina (vitamina B3) faz parte dos processos metabólicos do emagrecimento, além de conter as fibras que são responsáveis por uma maior saciedade, evitando que a pessoa sinta fome em um curto período de tempo. O consumo de fibras ainda auxilia na redução da absorção de gordura. A farinha de berinjela evita também a retenção de líquidos. Além de ajudar na dieta, este alimento fornece um antioxidantes que auxiliam na prevenção dos sinais de envelhecimento da pele. Também possui fibras solúveis que ajudam na saúde do intestino, permite que o trânsito intestinal seja acelerado, é um laxante natural. Diminui a absorção de colesterol ruim, o LDL, e triglicerídeos, o que colabora para a prevenção das doenças cardíacas.A farinha atua ainda na saúde dos rins, pelo seu leve efeito diurético. Diminui a concentração de ácido úrico e, portanto previne o acúmulo de cristais nas articulações. O ideal é consumir cerca de quatro colheres de sopa por dia: duas colheres durante cada refeição. Cem gramas de farinha equivalem a vinte calorias. Uma boa maneira de consumir a farinha de berinjela é adicioná-la a sucos e outras preparações caseiras.







terça-feira, 8 de outubro de 2013

Salada Caprese com pesto de manjericão


Pesto de manjericão
Ingredientes:
-01 xícara de chá de azeite
-½ maço de manjericão, só as folhas
-5 unidades de castanha do Pará
-Sal marinho e pimenta do reino a gosto
-200g de mussarela de búfala em bolinhas cortadas ao meio
-150g de tomate cereja cortados ao meio
-Folhinhas de manjericão
- Pão integral ou de Centeio


Modo de Preparo: 
Bata no liquidificador o azeite com o manjericão e a castanha do Pará até que fique homogêneo. Tempera com sal e pimenta do reino a gosto. Reserve. Separe os pães e corte fatias ao meio na vertical, formando duas tiras de pão. Em cada tira de pão, passe um pouco de pesto reservado, coloque um pedaço de mussarela de búfala, pedaços de tomate cereja, mais um pouco de pesto e uma folhinha de manjericão, dobre o pão e espete com um palitinho.



segunda-feira, 7 de outubro de 2013

10 superalimentos que ajudam no desenvolvimento infantil

Alguns nutrientes básicos na alimentação infantil ajudam a evitar problemas como atraso no crescimento, dificuldade no ganho de peso, falta de concentração e dificuldade de aprendizado. O ideal é que as crianças sigam uma dieta baseada nesses itens e tenham uma rotina em casa. É preciso que elas tenham os horários bem definidos para todas as atividades: acordar, se alimentar, brincar, estudar, tomar banho e dormir, entre outras. Para preparar a refeição das crianças, segue sugestão de 10 alimentos que não podem faltar.



Carnes
: seja de boi, frango ou peixe, elas possuem alto teor de ferro heme (hemínico ou orgânico), só encontrado nesses alimentos, além do zinco, que previne anemia e ajuda na formação dos sistemas nervoso e circulatório.

Cereais: arroz branco e integral, aveia, massas, batatas e mandioca são fontes ricas de carboidratos complexos, ótimos para dar energia.

Fígado: é rico em ferro heme (hemínico ou orgânico) e vitamina K, importante no processo de coagulação sanguínea.

Feijão: fonte de proteína, fibras e ferro não heme (não hemínico), presente também nos vegetais, no leite e nos ovos.

Frutas: excelentes fontes de vitaminas e fibras. As cítricas são ricas em vitamina C, que auxiliam na imunidade e na absorção do ferro não heme proveniente de alimentos de origem vegetal.

Vegetais amarelos e alaranjados: alimentos como cenoura, abóbora, manga e mamão possuem grande concentração de vitamina A, previnem a cegueira noturna e auxiliam no desenvolvimento celular.

Vegetais verde-escuros: fontes de vitamina A e C, ácido fólico e potássio. O espinafre, o brócolis, a couve e o agrião ajudam na contração muscular e no bom desempenho cerebral.

Hortaliças: nas saladas, as hortaliças cruas fornecem fibras que ajudam no funcionamento intestinal.

Azeite, óleos, manteiga: são energéticos e ricos em vitaminas lipossolúveis e ácidos graxos essenciais.

Água: além de ser importante para a hidratação do corpo, é enriquecida com flúor, essencial para a mineralização de dentes e ossos.

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Torta de legumes com farinha de chia

A lista de benefícios da chia em relação à farinha de trigo é grande e o primeiro passo para incluí-la no cardápio é usando-a em receitas. Essa receita de torta de legumes com a farinha  amiga do corpo rende 18 pedaços de 110kcal / cada
Ingredientes
Massa
-1 ½ xícara de farinha integral
-1 xícara de farinha de chia
-2,5 xícaras de leite desnatado
-1/3 xícara de azeite
-5 unidades de ovos
-½ colher (sobremesa) de sal marinho
-½ colher (sopa) de fermento em pó

Recheio
-1 tomate sem semente cortado em cubinhos
-350g de brócolis
-350g de queijo branco cortado em cubinhos
-½ colher (sobremesa) de ervas finas
-1 cebola ralada
-Tempero a gosto

Cobertura
-3 colheres (sopa) de semente de chia
-1 colher (sopa) de orégano

Modo de preparo
Bata as claras em neve e reserve. Bata os demais ingredientes, exceto o fermento, na batedeira em velocidade alta. Misture o fermento na mistura à mão e junte as claras em neve delicadamente. Em uma forma untada com azeite, despeje metade da massa. Coloque o recheio e complete com o restante da massa. Polvilhe a chia e orégano em cima da massa. Leve ao forno em temperatura média até dourar.




quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Farinha de chia emagrece

A farinha de chia, resultado da moagem do grão de chia já desengordurado, traz benefícios para a saúde. Além de ter metade das calorias e o triplo de proteínas em comparação com a farinha trigo, a farinha de chia tem um sabor agradável e ajuda a emagrecer. A farinha de chia tem uma série de vantagens sobre a farinha de trigo. Dos carboidratos presentes na farinha de chia, 98% são fibras, enquanto na farinha de trigo, que tem 50% a mais de carboidrato, apenas 3% são fibras. A versão da chia contém 18 vezes mais magnésio, 10 vezes mais fósforo, sete vezes mais potássio e 50 vezes mais cálcio do que a farinha usada em grande parte das receitas. Além de garantir o bom funcionamento do intestino e aumentar a resposta muscular após o exercício físico, a farinha de chia pode ser consumida por qualquer pessoa, incluindo celíacos e vegetarianos. Além de possuir uma quantidade maior de fibras e proteínas do que a mesma porção do grão, a farinha de chia é menos calórica e possui uma carga maior de minerais como magnésio, fósforo e potássio.
O grão e a farinha de chia são ricos em proteínas e atuam sobre a perda de peso. Como a proteína demora mais tempo para ser digerida, o organismo gasta mais energia nesse processo, que é chamado de termogênese. Além disso, a farinha de chia emagrece porque, de digestão mais lenta, proporciona sensação de saciedade por mais tempo.
O consumo de proteínas aliado à prática de exercícios físicos aumenta a massa magra. A semente chia é rica em proteínas e pode ajudar nesse processo também. Apenas uma colher de sopa de farinha de chia contém 3,7g de proteína.





Sopa de abobrinha com curry

Ingredientes 
-3 abobrinhas com casca
-3 1/2 xíc. (chá) de água
-1 pitada de curry (ou cúrcuma)
-2 col. (sopa) de manteiga (óleo de coco ou azeite extra virgem)
-Sal marinho ou flor de sal a gosto
-6 col. (sopa) de biomassa de banana verde (opcional)

Modo de fazer
Cozinhe a abobrinha na água. Espere amornar e bata no liquidificador com o curry (cuidado com a quantidade, pois pode amargar a sopa) e a biomassa. Coloque o sal e volte para o fogo para aquecer (não deixe ferver).