sábado, 19 de dezembro de 2015

Macarrão de legumes

Ingredientes
2 colheres (sopa) azeite extra virgem
2 dentes de alho espremidos
2 abobrinhas italianas grandes
2 cenouras
1 tomate maduro picado em cubinhos
½ xícara (chá) de folhas de manjericão fresco
Queijo parmesão ralado grosso a gosto
Sal marinho e pimenta-do-reino (de preferência moída na hora) a gosto

Modo de preparo
Rale (ou pique) os legumes à juliana, ou seja, em tiras bem fininhas e longas.
Aqueça uma panela grande com o azeite e refogue o alho.
Quando começar a dourar, acrescente os legumes ralados. Mexa até cozinhar um pouco. Os legumes devem ficar al dente, cozidos, mas levemente crocantes.
Adicione o tomate picado e tempere com sal e pimenta-do-reino.
Coloque as folhas de manjericão. Mexa até misturar.
Finalize salpicando o parmesão.

Dica: esses legumes também ficam ótimos refogados no azeite com sálvia.




sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Purê de abóbora com leite de coco

Ingredientes
3 colheres (sopa) de azeite extra virgem
400 g de abóbora japonesa sem casca, cortada em cubos grandes
1/2 xícara de água ou caldo de legumes caseiro
100 ml de leite de coco (ou até o purê ficar cremoso)
1 colher (sopa) de gengibre ralado e espremido (utilize apenas o suco)
Sal marinho e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo
Aqueça uma panela e coloque o azeite. Refogue os cubos de abóbora no azeite até dourarem levemente. Adicione a água ou caldo, diminua o fogo e tampe a panela. Cozinhe até a abóbora ficar macia. Coloque no processador ou liquidificador a abóbora cozida, o leite de coco e o suco de gengibre. Bata bem até ficar cremoso e, se necessário, adicione mais leite de coco. Tempere com sal e pimenta.

Rendimento: 4 porções



quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Disruptores

Uma grande quantidade de compostos químicos permeia a dieta e o ambiente, tornando a exposição humana inevitável. A exposição a esses compostos tóxicos pode interferir em processos fisiológicos normais. Os disruptores endócrinos são ligantes lipolíticos que interagem com receptores hormonais alterando a sinalização intracelular. São os chamados obesogênicos ambientais ou xenobióticos, exercem papel como inicializadores ou potencializadores da obesidade, pois alteram mecanismos importantes.
Essas toxinas enviam falsas mensagens, alterando a ação dos hormônios, principalmente nos que estão envolvidos no metabolismo energético (hormônios tireoidianos, estrogênio, testosterona, cortisol, insulina, leptina e gh), podendo levar a alteração dos neurotransmissores que controlam o apetite e o metabolismo energético.
Ex: levar a pessoa a desejos por doces e gorduras e a comer mais do que precisa.
Eles são capazes de se concentrar na cadeia alimentar e na água, facilmente estocados no tecido adiposo e podem ser transferidos de mãe para filho via placenta.




quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Sopa de cebola

Ingredientes
1 cebola grande ou 2 cebolas pequenas
1 litro de caldo de carne caseiro
1 colher de sopa de farelo de aveia
1 colher de sopa de amaranto em flocos
2 colheres de sopa de ricota
1 colher de sopa de manteiga ghee ou azeite
Sal rosa do Himalaia ou sal marinho a gosto

Modo de preparo
Refogue as cebolas cortadas em rodelas com o azeite ou a manteiga ghee. Em seguida, adicione o caldo de carne caseiro, o farelo de aveia, o amaranto em flocos, a ricota e o sal. Mexa bem por 15 minutos em fogo brando ou até que fique mais espesso.




terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Colesterol, o mito!

Vivemos em uma era que grande parte da população criou fobia em relação às gorduras , com os pretextos que engordam e aumentam colesterol, tudo errado! Hoje, diversos estudos mostram e a prática clínica confirma que o que aumenta colesterol, engorda e faz mal é o excesso de carboidratos! Principalmente os de má qualidade (farinhas refinadas, açúcar...) e claro, o EXCESSO!  Seu excesso é armazenado na forma de gordura! Sabe aquele hábito de brasileiro de pãozinho, biscoitinho, cafézinho com açúcar, o almoço com arroz, farofa, batatas... tudo errado!
As gorduras são essenciais para perda de peso, gorduras boas como abacate, açaí, gema de ovo (me dói quem desperdiça gema). Como diminuir o colesterol? Comendo colesterol! A gema de ovo aumenta o HDL (colesterol bom) e quando você come colesterol, seu organismo produz menos!  Se informe com seu Nutricionista qual tipo de gordura é melhor para você, em que quantidade e horário. Cada Organismo é único.


segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Ácido Alfalipóico

É uma molécula essencial e fator limitante para a produção de energia na mitocôndria. Nosso organismo é capaz de produzir, mas em quantidades bem pequenas, sendo necessário o consumo através de alimentos ou suplementos. É encontrada na carne vermelha, no coração e suas fontes  espinafre, brócolis, tomate, batata, couve-de-bruxelas, ervilha e arroz integral. É um excelente antioxidante e recicla outros nutrientes (coenzima Q10, vitamina C e E), além de participar do processo de biotransformação de substâncias tóxicas e fármacos (essencial para a destoxificação). Sua propriedade antioxidante lhe confere também propriedades antimutagênica e anticarcinogênica. Estudos mostraram efeitos positivos da suplementação de ácido alfalipóico em obesos, na necropatia diabética, na síndrome dos ovários micropolocísticos. Em animais com obesidade induzida os autores encontraram que a suplementação proporcionou redução do colesterol total, e aumento do HDL (bom colesterol), os animais não apresentaram aumento de gordura no fígado, provavelmente devido a supressão da expressão de genes lipogênicos. Os resultados do estudo também mostraram um aumento da capacidade de oxidação de gorduras!
Para maiores informações, dose e como utilizar, procure sempre um Nutricionista Funcional!



quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Chips de Maçã



Ingrediente
3 maçãs pequenas ou médias bem lavadas e com a casca (pode ser a pequena, do tipo gala)

Modo de preparo
Preaqueça o forno em 110º (se o seu forno não chegar a esta temperatura mais baixa preaqueça o forno em 180º com a porta parcialmente aberta) por uns 15 minutos. Enquanto isso lave e seque as maçãs com a casca e fatie-as na mandolina (aquele fatiador de alimentos que faz lâminas bem fininhas), desprezando os cabinhos e toda a semente que se soltar. Se preferir use um descaroçador de maçã. Ajeite as lâminas de maçã numa assadeira grande de modo que nenhuma fatia fique sobre a outra. Leve ao forno preaquecido por 1 hora em 110º (ou 180º com a porta parcialmente aberta – 4 dedos de espaço são suficientes, se precisar coloque uma luva de cozinha e/ou panos de prato dobrados para segurar a porta aberta). Depois desligue o forno, vire todas as fatias de maçã e deixe esfriarem lá dentro com a porta parcialmente aberta. Depois de completamente frias armazene em potes com tampa ou de fechamento hermético. Os chips de maçã duram bem até 3 dias.




terça-feira, 24 de novembro de 2015

Obesidade x Genética

A obesidade é um dos maiores problemas de saúde da última década. É uma desordem complexa, de forte base genética e etiologia multifatorial. Apesar da importância dos genes, é consenso que o ambiente obesogênico criado a partir da abundância de alimentos (junk foods), o estilo de vida, a alta exposição a toxinas e ao estresse crônico contribuem para o aumento da sua prevalência. Estudos demonstram que um indivíduo também pode ser metabolicamente programado para ser obeso, porque o ambiente a que ele foi exposto na vida intrauterina pode regular eventos epigenéticos que levam ao desenvolvimento da obesidade, que será manifestada em qualquer momento da sua vida. Além disso, a obesidade (fenotipicamente) poderá ser transmitida para suas outras gerações. A suscetibilidade genética isoladamente não é suficiente para a manifestação da doença, mas sua progressão pode ocorrer mais aceleradamente em indivíduos geneticamente susceptíveis.


quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Pão de cenoura sem glúten e lactose

Ingredientes

1 cenoura média cozida 
1 xícara (chá) de água 
2 xícaras e meia (chá) de creme de arroz (uma forma de preparar o creme é cozinhar o arroz e, depois que esfriar, liquidificar até ficar cremoso) 
1 xícara (chá) de fécula de batata 
1 ovo médio 
4 colheres (sopa) de azeite extravirgem de oliva
1 colher (chá) de sal marinho 
Meia colher (sopa) de açúcar mascavo 
1 colher (sopa) de fermento biológico instantâneo 
2 colheres (sopa) de azeite de oliva para untar 

Modo de preparo
Bata, no liquidificador, a cenoura com a água. Em uma tigela, junte o creme de arroz, a fécula de batata, o ovo, o azeite, o sal, o açúcar e o fermento. Misture tudo com as mãos. Amorne, numa panela, a cenoura batida, despeje sobre a mistura e mexa bem com uma colher de pau. Despeje a massa em fôrma untada com azeite e cubra com um pano, espere dobrar de volume. Aqueça o forno a 180 graus e asse o pão por cerca de 20 minutos.




terça-feira, 17 de novembro de 2015

Unha de gato

Originária da floresta Amazônica Peruana é empregada pela população nativa para diversos problemas de saúde. Tem função imunoestimulante e antimutagênica!
Muitos mecanismos de ação são desconhecidos, mas devido a diversidade de componentes alcaloides algumas propriedades ja estão elucidadas, dentre eles:  aumento da sensibilidade e reatividade do sistema imune,
inibe o processo inflamatório, inibe seletivamente o crescimento de células tumorais, poderosa ação antioxidante e destoxificante , efeito antinauseas e antidiarreico, eficaz reconstrutor celular. 
É contra indicado nos casos de gravidez, pacientes transplantados e em pacientes em tratamentos com antagonistas H2. Para maiores informações sobre doses e forma de tratamento, procure sempre um Nutricionista Funcional.




segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Saúde do intestino

Nosso organismo possui complexos sistemas que mantém um equilíbrio entre boas e más bactérias, quando temos o desequilíbrio, temos a Disbiose. Esse equilíbrio é determinante para nossa saúde, pois as bactérias saudáveis competem com as patogênicas e com os fungos por locais de fixação e por nutrientes. Além disso, bactérias probióticas produzem antibióticos naturais e substâncias que combatem micro-organismo prejudiciais ao nosso organismo.
A disbiose compromete a eficiência do nosso sistema imunológico. O que leva a isso?
Uso de antibióticos, sulfas, drogas imunossupressoras, anticoncepcionais orais, laxantes, antiácidos, quinio, cortisona...Estresse, diabetes, hipoglicemia e outras doenças metabólicas podem estimular proliferação de fungos. Consumo regular de açúcar refinado, lactose, carboidratos refinados, álcool, embutidos, produtos industrializados em geral...
Alimentos alergênicos, baixo consumo de legumes, verduras, frutas , cereais integrais e leguminosas...jejum prolongado, infestações de vírus e parasitas, estresse oxidativo, metais tóxicos, agrotóxicos, falta de higiene, entre outros! Desregulação hormonal (excesso de estrogênio), bem como pacientes transplantados e em uso de próteses, gravidez, portadores de HIV.




quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Bolo de milho maravilhoso!

Ingredientes
Usar uma xícara de 200g como medida base.
1 xícara de milho verde cozido
1 xícara de flocos de milho pré-cozidos (flocão)1 xícara de açúcar demerara1 xícara de leite de coco
1/2 xícara de óleo de coco
1 colher (sopa) de fermento em pó
3 ovos
50g de coco ralado

Modo de Preparo
Bater tudo no liquidificador e colocar em uma forma untada com óleo de coco e polvilhada com os flocos de milho pré-cozidos.
Assar em forno pré-aquecido em temperatura baixa até corar e que enfiando um palito, ele saia sem massa grudada.




terça-feira, 10 de novembro de 2015

Mitocôndrias

Mitocôndrias são organelas cuja função principal é a produção de energia na forma de ATP. Outras funções também ocorrem, como: biosíntese de aminoácidos, oxidação de gordura, geração de espécies reativas de oxigênio e controle da morte celular programada. As mitocôndrias são transmitidas durante a fertilização e são estritamente de herança  materna.
Os números de mitocôndrias e sua função são alterados em resposta a estímulos externos e a doenças. Por exemplo, defeitos no DNA mitocondrial herdados da mãe levam a diabetes tipo 1. Danos mitocondriais afetam tecidos que necessitam de alto consumo de energia, como:  coração, cérebro, músculo esquelético, rins e glândulas endócrinas. Alterações no DNA estão relacionadas ao estresse oxidativo. Em pacientes com resistência a insulina e diabéticos (tipo 2), o metabolismo mitocondrial e a síntese de ATP são reduzidos em conjunto, podendo chegar a 30% de perda no músculo esquelético, especialmente com perda de fatores que regulam a biogênese mitocondrial. As células musculares, no obeso, são as principais responsáveis pela oxidação completa de gorduras provenientes do tecido adiposo em um tratamento de redução de peso. Seja pela redução na densidade ou por disfunção, o efeito final nos obesos será o acúmulo intracelular muscular de gorduras e seus derivados. Qualquer estratégia que vise a manutenção do peso corporal e a prevenção de doenças metabólicas, como a resistência a insulina, precisa estimular a atividade mitocondrial, em conjunto com a redução de gordura e energia e uma forte terapia antioxidante. A disfunção mitocondrial pode acontecer inclusive em indivíduos eutróficos (que apresenta boa nutrição; que possui uma alimentação de qualidade.) e jovens.




segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Alguém sofrendo com gastrite aí?

Quem tem gastrite sabe o quanto os alimentos podem influenciar nos sintomas e mais, alguns nutrientes são fundamentais no tratamento. Conheça um pouquinho de como a nutrição funcional pode te ajudar: Alguns chás são irritantes de mucosa e devem ser evitados, como chá mate & preto. Outros como: alecrim, espinheira santa, camomila e hortelã são poderosos aliados na digestão. Possuem efeito calmante e digestivo, diminuem a acidez do estômago e dessa forma atenuam azias, gases e cólicas.

O Aloe Vera - em gel tem poder de cicatrizar a mucosa, além de possuir enzimas que ajudam também na digestão.

O limão - sim o limão! O sumo de um limão em jejum ajuda a alcalinizar o pH sanguíneo.

Probióticos - são essências, pois a gastrite pode matar as bactérias boas do estômago e, sem elas, o tecido não se recupera. Quando temos o equilíbrio de bactérias boas colonizando dificulta com que o H. pylori se instale.

Prebióticos - funcionam como alimento para as bactérias boas, ajudando a mantê-las vivas e favorecendo a colonização de bactérias boas!

Couve Manteiga - rica em clorofila, uma substância energizante e cheia de zinco e antioxidantes, que possibilitam a recuperação do estômago e mucosa.

Enzimas digestivas - dos alimentos ou de suplementos, ajudam no processo digestório.

Gengibre - tem poder anti-inflamatório natural.

Glutamina - nutriente para as células intestinais.
Para maiores informações, quantidade e como usar procure sempre um Nutricionista Funcional.





quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Iogurte de macadâmias

Ingredientes
1 xícara de macadâmias sem sal e crua
2 xícaras de água mineral
3 colheres de sopa de suco de limão siciliano
1 colher de chá de Agar Agar
Raspas de limão a gosto
Água

Modo de preparo
Deixar as macadâmias de molho por no mínimo 6 horas ou fazer 1 molho rápido com água morna por 1 hora. Descartar a água do molho, lavar bem e colocar no liquidificador. Numa panela adicionar as 2 xícaras de água mineral e o Agar Agar e deixar ferver por 3 minutos mexendo sempre. Rapidamente desligar a chama e despejar no liquidificador para bater com as macadâmias por aproximadamente 3 minutos até ficar bem liso. Despejar a mistura num recipiente de vidro, colocar o suco de limão e as raspas opcionais. Refrigerar por no mínimo 3 horas e a base está pronta.

Sugestão:
Você pode bater com frutas ou consumir com elas picadas, utilizar suco de uva integral, misturar com geleia, mel, melado. E ainda pode agregar mais valor nutricional adicionando uma fibra (chia, linhaça, aveia).




quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Gordura ruim X Gordura boa

As gorduras são diferentes e possuem respostas diferentes em nosso organismo. Provavelmente você já ouviu falar em ômega 3 e ômega 6, mas você sabe como eles atuam em nosso organismo?
Eles são obtidos através da dieta ou produzidos pelo nosso organismo por ação de enzimas a partir dos ácidos linoleico e linolênico. Diversos estudos comprovam que o ômega 3 possui uma atividade anti-inflamatória e ômega 6 pró-inflamatória. Os estudos iniciaram em 1956 quando se observou que os esquimós mesmo com um dieta rica em gordura tinham 10x menos incidência de doenças que os povos ocidentais.
O ômega 3 e ômega 6 competem pelas mesmas enzimas, portanto a quantidade produzida depende da disponibilidade da dieta. O tipo de gordura ingerida atua diretamente nessa relação. Nossas membranas celulares tem uma constituição dependente da fonte alimentar de gordura que influencia na nossa resposta imunológica frente a situações de estresse. E sua estrutura pode ser mais maleável ou mais densa (celulite). No caso das dietas ocidentais, com predomínio de consumo de ômega 6, os derivados dessa gordura predominam, e mesmo em pequenas quantidades geram uma resposta inflamatória. Do contrário, quando temos uma boa razão 5:1 (n6:n3) temos efeitos benéficos.
Não precisamos só aumentar o consumo de gorduras boas (óleo de peixe, nozes, linhaça, azeite, abacate, açaí), mas também diminuir o consumo de gorduras ruins (soja, milho, margarina..)
Faça as escolhas certas e mude de vida!!




terça-feira, 3 de novembro de 2015

Treinamento de cozinheiras

Muita gente diz que não come salada fora de casa...
Mas será que em casa a higiene esta correta?
Além da higiene do alimento é preciso higiene da pessoa que prepara também (manipulador de alimentos), pois é muito comum que ocorra contaminação cruzada!
O primeiro passo de todos é a higiene das mãos, mas muitas pessoas acabam esquecendo.  A higiene pessoal, lógico, também é fundamental.  Outra dica importante é o material dos utensílios utilizados, eles podem esta sendo uma fonte de contaminação! Na NutriClinic você encontra o serviço de treinamento de cozinheiras.
Para maiores informações ligue 85-3081-1870 / 98601-8886 (whatsapp).
Invista em quem prepara sua alimentação!  Seu corpo merece!







quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Bolo de batata doce com coco

Ingredientes
500 grs de purê* de batata doce
3 ovos médios
1/2 xícara de óleo de coco
1 1/2 de xícara de farinha de coco (ou coco fresco ralado)
1 1/2 de xícara de açúcar demerara
200 ml de leite de coco
1 colher (sopa) de extrato de baunilha
1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo
No liquidificador, bata as gemas, o óleo, o açúcar e o leite de coco, até ficar uma mistura homogênea. Despeje essa mistura em uma vasilha grande, acrescente a baunilha, o purê de batata doce, a farinha de coco e mexa bem até ficar uma massa bem homogênea e encorpada. Bata as claras em neve e envolva-as delicadamente à massa. Por último, acrescente o fermento em pó. Unte uma forma com óleo de coco, despeje a massa sobre ela e leve ao forno pré aquecido a 180°c por cerca de 40 minutos. Faça o teste do palito e verifique se ele está douradinho. Desligo o forno, retire o bolo e deixe esfriar para desenformar.


*Cozinhe a batata doce com a casca na panela de pressão por 20 minutos. Descasque e amasse as batatas com um garfo. O purê tem que render 500grs, por tanto você irá cozinhar cerca de 600grs de batata doce com casca, já que ao retirá-la, o peso diminuirá.




quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Capsaicina

A Capsaicina é o composto bioativo da pimenta vermelha, com importante ação anti-inflamatória. Essa ação é devido a inibição da liberação de mediadores pro-inflamatórios, além de reduzir a resposta inflamatória das células de defesa (macrófagos).
Diversos estudos com ratos comprovam esse resultado e na prática clínica recomenda-se seu uso como coadjuvante no controle da inflamação, principalmente em pacientes obesos! Em humanos, um estudo mostrou que a suplementação foi capaz de melhorar a gordura abdominal.
E ai, vai uma pimentinha?




terça-feira, 27 de outubro de 2015

Chocolate amargo

O consumo de chocolate {AMARGO} antes do exercício físico traz diversos benefícios à saúde! Tais como: diminuição da pressão arterial, diminuição do estresse oxidativo, diminuição da dor muscular após o exercício e auxilia na reparação do músculo, além de melhorar perfil de colesterol sanguíneo e força muscular!
Procure sempre um nutricionista para saber como, quanto, quando e qual chocolate amargo utilizar!








quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Bolinho de mandioca com coco

Ingredientes

1 1/2 xícara (chá) de mandioca sem casca ralada grosso
2 ovos
3/4 xícara (chá) de açúcar demerara
1/4 xícara (chá) de óleo de coco
1 xícara (chá) de queijo meia-cura ralado fino (cerca de 70 g)
1 xícara (chá) de coco ralado seco (cerca de 100 g)
Óleo de coco para untar
Amido de milho para polvilhar

Modo de Preparo
Preaqueça o forno a 180 ºC (temperatura média).
Coloque a mandioca ralada numa tigela e cubra com ½ xícara (chá) de água.
Com um pedaço de papel-toalha, unte 12 forminhas de muffins com uma camada fina de óleo de coco. Polvilhe com o amido de milho e chacoalhe para espalhar. Bata sobre a pia para retirar o excesso.
Quebre um ovo por vez numa tigelinha e transfira para uma tigela grande - se um não estiver bom, você não perde toda a receita. Junte o açúcar e o óleo e misture bem com um batedor de arame, até ficar um creme liso.
Com as costas de uma colher, aperte a mandioca numa peneira para retirar a água. Junte a mandioca na mistura de ovos, acrescente o coco e o queijo ralado. Misture com a colher, apenas para incorporar os ingredientes - o resultado é uma massa mais líquida com pedaços de mandioca, queijo e coco.
Coloque a massa às colheradas nas forminhas preparadas, sem ultrapassar - do volume (o bolinho cresce). Não aperte a massa nas forminhas. Se a massa na tigela começar a se separar, misture antes de transferir para as forminhas.
Leve ao forno preaquecido para assar por cerca de 30 minutos, até dourar. Retire do forno e deixe esfriar antes de desenformar.



terça-feira, 20 de outubro de 2015

Xenobióticos

São substâncias estranhas ao nosso organismo e estão por toda a parte, na poluição das cidades, na fumaça de cigarros, embalagens de plástico, agrotóxicos presentes em vegetais, nos aditivos alimentares (corantes, conservantes...), cosméticos, produtos de higiene e limpeza, dentre outros.
A alta exposição à estes fatores contribui também para o surgimento de doenças neurológicas e câncer.
Já que ninguém vive na bolha, algumas dicas: trocar seus potes de plásticos pelos de vidro, sempre que possível, preferir produtos orgânicos, NÃO exagerar nos produtos industrializados, prefira sempre o natural, cuidado com a procedência da água, investir em uma dieta rica em alimentos antioxidantes.Seu organismo precisa estar bem nutrido e apto a destoxificar para eliminar essas substâncias! 



segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Citrulina

A Citrulina é um aminoácido que está ligado ao metabolismo da arginina. A suplementação com citrulina é capaz de aumentar a disponibilidade de arginina. O provável mecanismo é que após a ingestão, a citrulina se transforma em arginina atuando como importante precursor do óxido nítrico (NO), que possui efeitos vasodilatadores.
Uma importante fonte de Citrulina é a melancia!! 
Sendo mais concentrada na parte branquinha próxima da casca. Mas nem só de Citrulina é composta a melancia.. Ela é fonte de vitamina A, B6 e C, além de potássio, fibras e licopeno (antioxidante).










quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Picolé de manga e banana

Ingredientes
2 mangas
1 banana média
1 pote de iogurte sem lactose ou grego

Modo de preparo
Pica tudo e coloca tudo no liquidificador, acrescenta o iogurte, depois é só despejar nas forminhas.





terça-feira, 13 de outubro de 2015

Personal Cook

O serviço de Personal Cook  tem a ideia de aperfeiçoar as suas habilidades ou de sua cozinheira, ensinando novas técnicas e formas de preparo.
Uma Nutri de nossa equipe  irá até a sua casa ensinar novas receitas, criando novos hábitos alimentares para toda a sua família, basta você escolher quais pratos quer aprender! Saladas? Sobremesas? Pratos de festa? Entradas? Massas? Risotos? Sopas?

Para maiores informações liga pra gente!
85-3081-1870 / 98601-8886









quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Penne de arroz com bacalhau ao pesto funcional de brócolis


Ingredientes 
500 g de macarrão de arroz tipo penne
1 litro de água filtrada
200 g de bacalhau dessalgado desfiado
2 xícaras de brócolis cozidos
½ xícara de manjericão fresco
1 dente de alho
½ xícara de azeite de oliva extra virgem
Sal marinho a gosto
¼ xícara de nozes trituradas
2 colheres de chá de semente de chia

Modo de preparo
Desfie o bacalhau e deixe de molho em 1 xícara de água. Aqueça 1 litro de água em uma panela com uma pitada de sal. Quando a água estiver fervendo coloque o macarrão e deixe até seu cozimento.
Enquanto isso no liquidificador processe os brócolis, o manjericão, o azeite e o sal marinho. Se necessário acrescente 2 colheres de chá de água filtrada para que vire uma pasta grossa.
Retire do liquidificador, coloque em um bowl e adicione as nozes e as sementes de chia. Reserve. Escorra o bacalhau e coloque em uma frigideira em fogo alto (200 ºC a 220 ºC) apenas o bacalhau (sem azeite, pois, o peixe já tem sua gordura) e refogue por 5 minutos.
Acrescente o pesto ao bacalhau e deixe no fogo por no máximo 3 minutos evitando assim que o azeite de oliva oxide.
Quando o macarrão estiver cozido, escorra a água e acrescente ao pesto. Decore com folhas de manjericão e sirva em seguida.






terça-feira, 6 de outubro de 2015

Brássicas, quem são elas?

Couve Folha, Couve-Flor, Brócolis, Rabanete, Couve de Bruxelas  e Agrião. Estudos  mostram associação entre o consumo de brássicas e prevenção de câncer. Esse benefício se deve a presença de compostos bioativos enxoforados, em especial os glicosinolatos. Esses compostos possuem ação quimiopreventiva e anticâncer, além disso são antioxidantes, anti-inflamatórios e são fundamentais para ajudar o nosso organismo a destoxificar! E mais.. São ricas em minerais como fósforo, cálcio e magnésio! Um detalhe importante.. O cozimento inativa a enzima que faz a conversão dos glicosinolatos na sua forma ativa, por isso quanto menor o tempo  de cocção melhor! Ex: o tempo ideal de cocção do brócolis é 2min no vapor!
Quando for consumir na forma crua, após higienizar, lembre-se de rasgar ou picar  para que a enzima possa agir...





segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Você já se hidratou hoje?

Ingerir água em quantidades adequadas (2 litros no mínimo) auxilia o equilíbrio do organismo, permitindo que todas as funções sejam realizadas harmonicamente. Como consequência, o controle, o ganho e a perda de peso são favorecidos. A desidratação pode gerar sintomas como cansaço, dores de cabeça e diminuição do estado de alerta. A água deve ser tomada ao longo do dia, principalmente logo ao acordar e antes, durante e após o exercício físico. E uma ótima forma de se hidratar é com água de coco, que é considerada um isotônico natural por ser rica em vários minerais.




sexta-feira, 2 de outubro de 2015

A Importância do Ovo na Alimentação


O ovo é um alimento que proporciona vários benefícios para a nossa saúde. Confira alguns deles:

- Força Muscular: As proteínas presentes no ovo fornecerem força muscular e ajudam na diminuição da perda da massa muscular.

- Gravidez: A gema do ovo é fonte de colina, que é um nutriente importante na regulação do cérebro e na formação do sistema nervoso central do bebê.

- Visão: O ovo contém os componentes luteína e zeaxantina, que previnem a degeneração macular, doença responsável por grande parte dos casos de cegueira em pessoas de terceira idade.

- Manutenção do Peso: As proteínas deste alimento proporcionam a saciedade, portanto se a pessoa ingere ovos, sente-se satisfeita rapidamente.




quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Salada Italiana Com Arroz Integral


Ingredientes

Para o arroz

½ xícara de arroz integral Cateto

1 xícara de água

3 azeitonas verdes picadas

3 azeitonas pretas picadas

1 colher sopa de picles variados

1/3 de pimentão amarelo picado pequeno

1/3 pimentão vermelho picado pequeno

1 colher sopa de ervilhas congelada passada na água

1 colher sopa de milho verde congelado passado na água



Para o Molho

1 colher chá de óleo de canola

1 colher chá de caldo de limão

1 filé de anchova picadinho(opcional)

Pimenta do reino

Sal a gosto



Modo de Fazer

Junte os ingredientes do molho e misture bem. Amassa a anchova e junte ao molho mexendo bem. Reserve.

Cozinhe o arroz com água e sal. Deixe esfriar. Junte o molho ao arroz cozido para ir tomando gosto.

Lave as azeitonas, escorra bem, tire o caroço corte-as em rodelinhas. Junte-as ao arroz.

Escorra os picles, corte-o bem miudinho e junte ao arroz.

Corte os pimentões em quadradinhos pequenos e junte ao arroz.

Escalde as ervilhas e o milho por menos de 1 minuto e junte-os ao arroz.

Misture bem os ingredientes no arroz e leve ao refrigerador por no mínimo 2 horas. Retire 5 minutos antes de servir.

terça-feira, 29 de setembro de 2015

A água aromatizada

É uma ótima estratégia para aquelas pessoas q não gostam de beber água. Nada mais é do que água com um leve sabor e aroma. Por isso, não se deve exagerar nas frutas e ervas. Sugiro que sejam utilizados somente dois  ingredientes por água aromatizada. Por exemplo, duas frutas ou uma fruta e uma erva por jarra.
Para o preparo higienize as frutas, legumes e ervas em hipoclorito e acrescente-os cortados em uma garrafa ou jarra com algumas pedras de gelo e água. Deixe na geladeira por 2 ou 3 horas  antes de servir.
Sugestões:
-Frutas e legumes: limão, laranja, pepino, morangos, melão, melancia, amoras, carambolas, abacaxi, kiwi.
-Ervas e especiarias: capim-limão, hortelã, manjericão, alecrim, sálvia, gengibre, anis-estrelado, cravo, canela em pau, pétalas de rosas.
No caso das pétalas de rosas, devem ser utilizadas somente flores cultivadas de maneira orgânica. Outra idéia super prática é colocar os ingredientes dentro de cubinhos de gelo. Quando for beber água é só colocar uma pedrinha!






segunda-feira, 28 de setembro de 2015

O que é gota?

A Gota é o depósito de cristais de ácido úrico nas articulações (principalmente dedos das mãos e dos pés)  decorrente de um problema no metabolismo das proteínas. O ácido úrico deve ser excretado na urina, quando isso não acontece, formam-se esses cristais.
Sintomas: articulações vermelhas, quentes e doloridas; menor volume de urina e com odor forte.
Causas: predisposição genética, alto consumo de álcool, consumo excessivo de carne, pouca água, baixo consumo de fibras, frutas frescas e hortaliças.
O que fazer para melhorar o quadro: beber, pelo menos, 8 copos de água / dia, sucos com hortaliças para alcalinizar o pH sanguíneo (a gota é um indicativo de acidez metabólica), inclua frutas frescas e vegetais verde folhosos, ricos em magnésio e clorofila.
Alguns alimentos interessantes para incluir na dieta: abacaxi, alcachofra, cereja, morango, feijão azuki, algumas sementes, limão, aipo. Evite dietas ricas em carne vermelha e processada, produtos contendo levedo, frituras, gorduras saturadas, sal, açúcar e carboidratos refinados, conservas, enlatados, tomate, berinjela, batata inglesa, pimenta, cogumelo, álcool e cigarro. Várias ervas e suplementos podem ajudar a tratar o problema.
Procure um nutri para uma orientação individualizada! 



quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Sopa para dar energia

Ingredientes
1 beterraba grande
230 ml de água
1 chuchu médio
200 g de cogumelo Paris
100 g de quinoa cozida
2 colheres de sopa de agrião picado
5 castanhas do pará picadas
1 dente de alho picado
½ cebola picada
1 colher de sopa de manteiga ghee ou manteiga clarificada
Sal rosa do Himalaia ou sal marinho a gosto


Modo de fazer
Cozinhe a beterraba e o chuchu em pedaços pequenos com 200 ml de água. Depois de cozidos, bata no liquidificador ou processador até que fique um creme homogêneo. Reserve. Em outra panela, refogue o alho e a cebola na manteiga ghee ou azeite, adicione o cogumelo paris e mais 30 ml de água e mexa bem. Depois, acrescente a quinua cozida, a castanha do Pará, o sal e o agrião. Junte essa mistura ao creme de beterraba com chuchu.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Distúrbios do sono

O sono representa uma fase de repouso para todos os sistemas do nosso corpo, em especial o sistema nervoso, sistema respiratório e cardiovascular. Durante o sono ocorre a recomposição dos estoques de neurotransmissores e a consolidação da memória. Atualmente os distúrbios do sono são considerados um problema de saúde pública, afetando cerca de 30-50% da população. A quantidade ideal de sono tem grande variabilidade, mas no adulto é em média de 7-8h e maior ou igual a 9 para adolescentes, mas infelizmente as pesquisas mostram que grande parte da população esta longe disso. Os distúrbios do sono podem trazer consequências como: disfunção imunológica, perda de memória, obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares, envelhecimento precoce, disfunção sexual, cansaço e sonolência durante o dia, dificuldade de concentração, comprometimento da criatividade, aumento do risco de acidentes de trabalho, domésticos e de trânsito. 



segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Porque não devemos consumir peito de peru

Alem do alto teor de sódio contém os 4 piores aditivos alimentares: corantes (você nota pela cor, porque o peito do peru é branco e não rosa), sulfito, glutamato monossódico e antioxidantes;
O glutamato monossódico é um realçador de sabor, mas na verdade é uma toxina excitatória que pode levar a exaustão dos nossos neurônios. Está presente também nos temperos prontos, macarrão instantâneo e muitos outros alimentos industrializados! E essa é uma das causas de muitas crianças estarem por aí com hiperatividade. Além de possuir nitrito e nitrato, substancias altamente tóxicas e cancerígenas.
Por isso não consumam esse embutido como sendo algo saudável porque não é! 







quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Sopa verde

Ingredientes
100 g de alho poró picado em anéis finos
100 g de aipo picado em pedaços pequenos
100 g de brócolis cortado em pedaços pequenos
150 g de abobrinha cortada em cubos
3 folhas de couve
200g de peito de frango desfiado
500 ml de água do cozimento do frango
1 dente de alho picado
1/2 cebola picada
1 colher de sobremesa de linhaça dourada
1 colher de sobremesa de manteiga ghee ou azeite
Sal rosa do Himalaia ou sal marinho a gosto

Modo de preparo
Cozinhe e desfie o frango. Reserve. Cozinhe o brócolis, o alho poró, o aipo, a abobrinha e a couve no vapor. Em seguida, bate a couve no liquidificador com 500 ml de água do cozimento do frango. Em outra panela, refogue o alho e a cebola na manteiga ghee ou azeite e adicione o alho poró, a abobrinha, o brócolis e o aipo. Misture bem e acrescente a couve batida e o frango. Adicione sal a gosto. Misture bem e coloque a linhaça por cima na hora de servir.



quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Loja Mais Natural

Visitar uma loja Mais Natural é mergulhar em um mundo, onde a alimentação de qualidade é prioridade. O alimento natural e integral, é aquele minimamente processado e o mais próximo de sua origem possível, sem aditivos químicos como corantes artificiais, conservantes e aromatizantes. Com o foco de que os alimentos naturais e integrais são os mais próximos da natureza, preservando o equilíbrio original dos nutrientes e das substâncias bioativas.
Na loja Mais Natural Fortaleza você vai encontrar alimentos com valor nutricional melhorado, qualidade e garantia de produtos diferenciados, além de informações seguras ao consumidor, regados pelo conhecimento e bom atendimento. Contamos com produtos com redução de nutrientes, sem glúten e sem lactose, diet, light, emagrecedores, nutracêuticos, essências, chás, variedade de produtos a granel, onde você leva a quantidade que deseja, produtos orgânicos e muitos outros.


Av. Senador Virgílio Távora, 1500 - loja 03
Fone: 3268-3143















terça-feira, 15 de setembro de 2015

Kani-Kama

Não é só o salmão de Cativeiro que é vilão no japonês. Além de Xarope no arroz e excesso de sódio, vale um destaque para o Kani também! Na verdade, ele é uma fraude! O kani não é fonte proteíca, esse famoso snack japonês não é carne de siri!
O Kani é feito de carne de diversos mariscos e amido de trigo, adicionado de extrato de algas, clara de ovo, açúcar, aroma de caranguejo, sal, vinho de arroz e claro, acentuador de sabor (glutamato monossódico). Pra fechar com chave de ouro, ainda tem um corante básico pra deixar aquela cor vermelhinha! 
O problema é que sushi já virou hábito alimentar e seu consumo só vem aumentando! 




segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Intestino x Depressão

Mais um motivo para cuidar do intestino Os autores Logan & Katzman em uma revisão de literatura demonstraram que pacientes acometidos com doenças associadas a alterações na microbiota intestinal (fibromialgia, síndrome do intestino irritável..) apresentam mais sintomas depressivos. Cerca de 30% das pessoas com depressão são diagnosticadas com síndrome do intestino irritável, ou seja, é imprescindível tratar o intestino de indivíduos depressivos.
Situações de estresse podem alterar a permeabilidade intestinal e se tivermos uma situação de disbiose (saúde intestinal ruim) irá ocorrer a translocação de Lps (fragmentos de bactérias) e de citocinas inflamatórias para a circulação sanguínea. Consequentemente, teremos uma ampliação da inflamação, diminui a conversão de triptofano em serotonina (comum na depressão) e aumento do cortisol que estimula a produção de mais citocinas inflamatórias, virando um ciclo vicioso! A notícia boa é que Probióticos  podem ter efeito antidepressivo e esses resultado ja foram alcançados em ratos. Se você tem o intestino preso ou solto ou a mistura dos dois é o sinal mais básico que sua saúde intestinal não esta legal! Procure um profissional habilitado para tratar! 



quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Brownie com Biomassa de Banana Verde


Ingredientes
60 ml de óleo de girassol
200g de Biomassa de Banana Verde
240g de ovos (cerca de 4 unidades)
80g de cacau em pó
140g de açúcar mascavo
200g de chocolate amargo derretido (sem glúten e sem laticínios)
100g de nozes picadas (ou castanhas-do-pará)

Modo de Fazer
Na batedeira, bata todos os ingredientes, exceto as nozes, até obter uma massa homogênea.
Sem bater, adicione as nozes.
Despeje na fôrma forrada com papel-alumínio untado com óleo e asse no forno preaquecido (180°C) por cerca de 15 a 20 minutos.
O brownie estará pronto quando sentir cheirinho de bolo de chocolate no ambiente! As bordas estarão assadas e o centro ainda cremoso.
Desenforme depois de frio.



terça-feira, 8 de setembro de 2015

Enxaqueca

A alimentação inadequada é uma das causas da enxaqueca. E a mudança de alguns fatores desencadeantes desta patologia podem lhe ajudar na melhora. 
São eles: 
- Jejum prolongado (ficar mais de 3 horas sem se alimentar), pois gera hipoglicemia (queda da quantidade de glicose no sangue) e diminui o aporte de nutriente para o cérebro; 
- As frutas cítricas (laranja, lima, limão e tangerina) estão muito relacionadas a este problema, devido possuírem uma substância chamada de octopamina, que é vasodilatadora (aumenta o calibre do vaso sanguíneo e o aporte de sangue). E a vasodilatação é um grande gatilho para disparar enxaqueca em pessoas predispostas; - Alimentos ricos em cafeína e termogênicos, por também serem vasodilatadores devem ser evitados, como os chás escuros (preto, verde), a pimenta, o café;
- Queijos amarelos e embutidos por conterem uma substância chamada tiramina (também vasodilatadora); 
- Os aditivos alimentares como o tão falado glutamato monossódico, o nitrato dos embutidos, o aspartame; 
- Bebidas alcoólicas, principalmente cerveja e vinho;
- O calor também provoca vasodilatação, por isso precisamos evitar o banho quente;
- E outro fator importante é o estresse. Então, vamos procurar fugir um pouquinho dele e realizar atividades que nos dão prazer.
E são vários os nutrientes que participam do tratamento das enxaquecas, como Mg, Zn, selênio, Vitamina A e E, anti-inflamatórios e antioxidantes, além de um intestino saudável e de um ingestão adequada em água.
Procure sempre um Nutricionista para um atendimento individualizado.





quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Cookies de banana e aveia

Ingredientes
2 bananas grandes maduras
1 xícara de aveia em flocos finos
Canela a gosto
Gotas de  chocolate ou coco ou castanhas picadas (opcional)

Modo de preparo
amasse as bananas e junte a aveia e a canela (e um dos opcionais a gosto). Faça bolinas, coloque em uma assadeira e leve ao forno por 15 minutos.



quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Hortalícia



Vocês já conhecem o restaurante Hortalícia? Comandado pelas nossas nutris @mirellanutri e @nicolebenevides é lá onde acontecem todos os nossos cursos e o programa de destoxificação hepática mensal #mydetox . Todos os dias uma opção saudável para o almoço, além da linha de potes #freshtogo e lanches saudáveis.Tudo feito com muito amor baseado nos princípios da nutrição funcional! Vale a pena fazer uma visita!

Fone: (85) 9.8717-5402
Av. Santos Dumont, 5753 Lj 08 Térreo, Torre Office
hortaliciafortaleza@hotmail.com



terça-feira, 1 de setembro de 2015

Ronco X Diabetes Melitus 2

Um estudo americano avaliou o ronco como um fator de risco para o Diabetes Mellitus tipo 2. O estudo foi do tipo corte e foram analisadas 69.852 enfermeiras americanas com idade de 40-65 anos sem DM, doença cardiovascular ou câncer no início do estudo. Os padrões foram obtidos através de questionário. Durante 10 anos 1.957 mulheres foram diagnosticadas com diabetes.  As análises mostraram que o ronco, mesmo ocasional, é um fator de risco independente para DM TIPO 2.

Referência: American Journal of Epidemiology 2002: Snoring as a Risk Factor for Type II Diabetes Mellitus: A Prospective Study





segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Omega-3 X Omega-6

O Omega-3 e Omega-6 antes são os chamados ácidos graxos essenciais, pois o organismo não é capaz de produzi-los. Eles são fundamentais em muitas vias bioquímicas, como as vias relacionadas com a inflamação, imunidade e coagulação do sangue. O ideal é que Omega-6 e Omega-3 estejam em equilíbrio. Na nossa alimentação a relação ideal é de 4-5 para 1.
Quando esse equilíbrio não é adequado, podemos ter prejuízos. Ex: Omega 3 e 6 competem pelas mesmas enzimas e os mesmos pontos nas membranas celulares. Além disso, eles são utilizados para formar moléculas de sinalização que possuem atividade pró-inflamatória (w6) e anti-inflamatória (w3). Atualmente o consumo de w6 está muito elevado e o consumo de w3 muito baixo, chegando a relação de 16-1 ou mais. A consequência desse desequilíbrio esta relacionada com Câncer, doenças cardíacas e aumento do estresse oxidativo. A principal fonte de w6 da nossa alimentação é proveniente dos óleos vegetais, bem como os alimentos industrializados. 





quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Salada de frutas com azeite


Ingredientes
100g de maçã picada
100g de uva
100g de pera picada
100g de ameixa
100g de mexerica
100g de kiwi
sementes de romã (opcional)
50 ml de azeite extra virgem suave
Raspas de laranja


Modo de fazer
Com a ajuda de um pilão, macere as raspas de laranja no azeite
Misture as frutas em um recipiente fundo.
Regue a salada de frutas com essa mistura de azeite e laranja.
Está pronto pra servir




terça-feira, 25 de agosto de 2015

Cacau

Os grãos do cacau são riquíssimos em antioxidantes,  ele ainda é rico em magnésio (mineral coringa), ajuda a acelerar o metabolismo e diminuir a resistência a insulina, possui quantidades significativas de triptofano (aminoácido essencial para formação de serotonina e melatonina) ajudando-nos a nos livrar do estresse. Estudos mostram que o consumo regular pode reduzir a pressão arterial e melhorar a função renal e também é super benéfico para o coração. Um estudo do Journal of Proteonr Research, 2009 verificou que o consumo de 40g/dia de chocolate amargo (75%) foi capaz de reduzir o cortisol e catecolaminas em indivíduos ansiosos. Só para lembrar que esses benefícios são provenientes do cacau, certo?  O chocolate precisa ser amargo! Não adianta as versões ao leite! E se engana quem só consome cacau no chocolate! Como as outras frutas, pode se fazer, suco, shakes & vitaminas! Procure sempre versões mais saudáveis para não fugir da dieta!